6 Razões para você ter DOIS em vez de apenas UM cachorro

Um cachorro vai oferecer companhia ao outro. Um cachorro vai ajudar no treinamento de outro e o melhor: não custa o dobro. Veja:

Quem tem um cachorro em casa já sabe: eles são dedicados e amorosos. Não é exagero em dizer que são membros da família, pois é assim que devem ser tratados mesmo!

Então o que poderia ser melhor que ter um cachorro em casa? Ter dois!

Cachorro é um bicho que adora companhia e parceria!

1. Ter dois cachorros não custa o dobro

Se você é um pai ou uma mãe de pet responsável, sabe que manter qualidade de vida ao cachorro tem seu custo. Mas dobrar a fofura em casa não significa dobrar o custo. Além das vacinas regulares, ter dois cães não força você a despender mais dinheiro por mês.

Muito do que você precisa para um cachorro pode ser simplesmente compartilhado pelo outro. Isso vai incluir:

  • Brinquedos
  • Camas
  • Comedouros e água
  • Petiscos
  • Produto de higiene se você utiliza em casa

Em relação à ração, é importante notar que alimentos para filhotes tem formulação diferente das de adulto, então em caso de ter cães com idades muito distintas, converse com seu veterinário sobre a utilização de mesma ração para eles.

O dobro do amor não custa o dobro do valor!

2. Você vai salvar uma vida a mais!

Essa conta óbvia a gente não faz, mas não deixa de ser… óbvia: ao adotar dois cães, você está salvando duas vidas.

O Brasil tem cerca de 3,9 milhões de pets abandonados e destes, estima-se que cerca de 1,2 milhão são sacrificados. Então o impacto de uma adoção responsável na vida dos pets é significativo. Sem dizer que essa responsabilidade social tira um possível disseminador de doenças da rua e também deixa espaço aos abrigos para receberem outros animais em necessidade de cuidado.

3. Um cachorro ajuda no controle da “ansiedade de separação” do outro

Se você tem um cachorro já deve saber que, ao virar as costas para sair, o drama começa. O choro, as patinhas arrastando na porta são indícios físicos de uma intensa ansiedade que acontece com o cachorro ao se ver deixado sozinho.

Embora alguns cachorros lidam melhor com a ansiedade de separação, para outros a exigência de atenção e soluções de comportamento são necessárias. Em casos mais extremos, até medicação!

Mas a melhor maneira de um cachorro lidar com a ansiedade de separação é ter um parceirinho em casa. A companhia de um cachorro para o outro enquanto você está ausente é um apoio emocional fundamental para ambo permanecerem calmos enquanto você está fora de casa.

O combustível do amor do cachorro é carinho e amor também.

4. Cães mais velhos ajudam os mais novos a aprender

A relação é curiosa, já que, ensinar a um cachorro velho novos truques é difícil, mas um cachorro velho vai certamente ensinar um cachorro mais novo a se comportar dentro das regras que ele já vive em sua casa.

Instintivamente os cães buscam orientação em um líder. O cachorro mais velho fará esse papel naturalmente. Então a introdução de um segundo pet em uma casa onde já se encontrava um cachorro faz com que essa adaptação seja mais fácil e rápida pelo novato.

Quando se tem um cão adulto e um filhote, o mais velho vai servir de liderança ao mais novo, que vai buscar modelar seu comportamento de acordo com o cachorro adulto.

E sabe onde isso é mais interessante na prática? O cachorro mais novinho vai logo saber onde deve fazer as necessidades, se o cachorro mais velho já estiver devidamente treinadinho para isso. Sensacional, não é?

Que tal ter um professor para seu aluno? 🙂

5. Um cachorro vai manter o outro entretido e exercitado

Passear com o cachorro é vital para sua saúde, tanto mental como física. Conforme idade e porte do animal, por vezes você precisa de no mínimo 30 min por dia para manter uma rotina de exercícios fundamental ao cachorro.

Já a companhia de um (ou mais) cachorros faz com que todos se mantenham ativos, felizes e socializados na medida certa. Não que você deva parar de passear com os cães, mas para o período que você está fora (escola, trabalho ou encontro com amigos) os seus pets estarão bem, entretendo-se entre si.

Sabe onde você vê essa vantagem na prática? Menos móveis e chinelos roídos. Parece vantajoso, não é?

Vida leve e feliz com dois cães em casa

[ Veja também: Cachorros entendem o que falamos ]

6. Por fim: você terá O DOBRO DE AMOR em casa

Se você já viu acima que não, ter dois cães NÃO CUSTA o dobro, sim, ter dois cães é ter O DOBRO DE AMOR em casa. Sabe qual a razão para a maioria das famílias adicionarem um segundo cão à família? Justamente porque o primeiro trouxe tanto amor e alegria que se busca mais. Justo, não acha?

Chegar em casa e ser recebido por um pet já é especial e gostoso. Quando você dobra essa experiência, o gostinho é ainda maior.

Ter dois ou mais cães em casa pode ser trabalhoso às vezes, mas os prós superam muito os contras. De um comportamento mais amigável e tranquilo à maior saúde física e emocional – tanto para os pets quanto para você – há certamente muitas outras razões para se ter DOIS em vez de UM cachorro em casa.

Na Petite Sofie você encontra o melhor para servir seus pets com qualidade e amor, já viu o site?

Você tem dois ou mais cães em casa?
Que outras razões você daria para tê-los?

Compartilhe nos comentários abaixo!

Fonte: Amo Meu Pet

15 Benefícios – provados – ao adotar um cachorro

Adotar um cachorro faz você ficar melhor fisicamente, mais resistente a alergias, desenvolve sua inteligência emocional… já está bom pra você? Pois é, tem mais, confira!

Passa hora ou passa um dia e tá lá você vendo manchete que diz que animais de estimação fazem bem pra sua saúde e blá blá blá. Só que de “blá, blá, blá” essas notícias não tem nada! Acompanhe aqui 15 benefícios bem legais – e cientificamente comprovados – para fazer você sair agora e adotar um cachorro pra você! 😉

Faz um bem danado ter um catioro

Em resumo, o que vemos na maior parte das pesquisas atuais disponíveis:

  • Cachorros beneficiam mais crianças e idosos;
  • Ter cães ajudam adultos a enfrentarem problemas psicológicos;
  • Por causa do estímulo para caminhadas, vários fatores de sua saúde são impactadas ao ter – responsavelmente – um cachorro.

Diante disso, veja mais especificamente os 15 benefícios – já provados pela ciência – em adotar um cachorro:

1. Melhora a comunicação em pessoas com deficiência de comunicação

Muitos estudos com pessoas portadoras de autismo mostraram que a interação com cães melhora suas maneiras de se comunicar. Junto da melhora da comunicação vem uma sensível melhora na interação social com outras pessoas.

Foi comprovado que a presença do cão encoraja as pessoas com autismo a se relacionarem. Isso porque o cachorro acaba se tornando o centro das atenções.

O amor honesto e despretensioso do cachorro seduz até a mais resistente criança.

2. Reduz sintomas de TEPT (Transtorno do Estresse Pós-Traumático)

São amplos os estudos que se concentram em verificar a capacidade que os cães tem em ajudar as pessoas com TEPT a lidar com ansiedade, desorientação e até depressão.

Há pesquisas que descobriram que a presença do cachorro traz benefícios fundamentais a soldados de guerra. Essas pesquisas se debruçaram nos benefícios trazidos por raças consideradas terapêuticas.

No entanto, cães ditos “não-terapêuticos” também trazem benefícios na redução do estresse e da ansiedade de pacientes diagnosticados com TEPT.

Um veterano de guerra disse que o cachorro ajudar a lembrar do “sentimento de amor”, que infelizmente o TEPT o tirou. Lembrar que ainda há bondade no mundo faz com que a sua atenção seja redirecionada, ajudando esse veterano de guerra a se manter equilibrado.

Jim Breakwood Jr é veterano de guerra junto de Amora. Veja a história deles aqui.

3. Maior compreensão de responsabilidade

Pode parecer estranho atribuir o senso de responsabilidade a um benefício de saúde, mas para muitas pessoas – principalmente crianças – a experiência aprendida cuidando de pets pode criar a base para grandes responsabilidades no futuro. Por exemplo, uma criança que reluta em escovar os dentes regularmente, pode ter demonstrada dessa importância ao ficar responsável por limpar os dentes do cãozinho.

Enquanto você limpa os dentes do seu cachorro, você pode usar o evento como oportunidade de ensinar seu filho do quanto importante é essa responsabilidade e por quê. O ensinamento pelo exemplo é mais poderoso. A criança vai entender da necessidade de escovar os próprios dentes. São diversos os cenários como o citado acima que ajudarão no senso de responsabilidade das crianças por meio do cuidado do pet.

4. Desenvolve empatia

Um estudo de 2017 mostrou que crianças (particularmente entre 7 e 12 anos) que tiveram um pet, eram mais respeitosas com animais e tinham mais compaixão. Esse benefício se estende na relação com outras crianças também, além de um incrível bem-estar que tanto os cachorros quanto as crianças sentem como resultado desse relacionamento.

O mesmo estudo ainda aponta uma correlação curiosa entre cães e crianças: há alguma habilidade nos doguinhos de auxiliar as crianças a equilibrarem suas emoções. Os cachorros tem o poder de influenciar e responder aos comportamentos e sentimentos das crianças. Um verdadeiro amigão!

É poderosa a influência de se ter um cachorro em casa

5. A presença de cães no trabalho diminui os níveis de estresse

Essa você já viu aqui. Se você é sortuda(o) o suficiente para poder compartilhar do espaço de trabalho com seu pet, os benefícios são vários! Desde evitar gastos extras com o cuidado do pet até a influência dele em diminuir seu estresse.

Em um estudo do International Journal of Workplace Health Management, foi apontado que a presença dos pets no local de trabalho influencia muito na satisfação do empregado. O ponto negativo fica para a possibilidade de distração, que influencia na produtividade. Então mais uma vez, esse é um jogo de equilíbrio que precisa ser observado.

6. Você é mais saudável e por mais tempo!

Adotar um cachorro faz com que você goze de mais saúde. Além dos exercícios físicos que a gente acaba se obrigando a fazer para oferecer qualidade de vida ao cão, há um benefício que parece controverso: os germes que os cães trazem para dentro de casa fortalece nossa imunidade.

Esse estudo mostra por que os cachorros deixam bebês mais saudáveis. A diversidade de germes nas casas de quem tem cães faz com que a saúde das pessoas que relacionam com os pets seja mais forte e por consequência, elas ficam doentes menos frequentemente que as outras pessoas.

7. Visitas médicas diminuem para os idosos

Os benefícios à saúde não ficam exclusivos às crianças. Idosos também podem se beneficiar muito ao adotar um cachorro. Em um estudo de 2017 do americano Journal of Personality and Social Psychology, foi descoberto que idosos que possuíam animais de estimação, e recebiam benefícios do Medicare, tinham menor probabilidade de fazer contato com os médicos em comparação a idosos que não tinham pets.

O mesmo estudo definiu que tanto cães quanto gatos foram benéficos aos idosos pesquisados.

8. Adotar cachorro faz você perder peso

Temos um post inteiro comentando a respeito desse benefício. Como resultado de uma pesquisa, observou-se que donos de cães que tinham por atividade passear com eles 5x por semana conseguiram perder 6,5kg ao fim de 12 meses de observação.

Ter cachorro deixa você saudável e emagrece! 🙂

9. Donos de cães tendem a viver mais

Depois de tantos benefícios para a saúde dos donos de cães, era de se esperar que pelo menos eles vivem mais do que quem não tem pets. Pois essa pesquisa provou que as pessoas que adotaram cães tem cerca de 35% menos chances de morrer de ataque cardíaco em comparação com quem não tem pet.

Se você adotou um cachorro, há também 28% menos chances de desenvolver derrame cerebral, de acordo com a pesquisa.

Vida longa a quem adota um cachorro!

10. Reduz incidência de asma em crianças

De acordo com Alan Beck, diretor do Centro Veterinário da Universidade de Purdue, bebês criados com animais de estimação tem menor probabilidade de desenvolver alergias e asma. Beck ainda observa que os maiores benefícios de ter um cão em casa para os bebês são antes mesmo dos seis meses de idade.

Para corroborar sua afirmação, Beck cita estudos que mostram que as crianças que vivem com cães ou gatos tem menos infecções de ouvido e resfriados durante o primeiro ano de vida em comparação com bebês que vivem em casas sem qualquer contato com pets.

Os benefícios em ter um cachorro e uma criança são notáveis!

11. Adotar um cachorro diminui sua pressão sanguínea

Como apontado, um dos maiores benefícios de se adotar um cachorro é na diminuição do risco de problemas cardíacos. Estudos confirmaram que a interação positiva entre homem-animal leva a uma diminuição da pressão sanguínea.

A diminuição da pressão sanguínea está associada a diminuição do risco de derrames, AVC e infartos.

12. Adotar um cachorro é a melhor medida natural para reduzir sua ansiedade

Largue já seus remédios e adote um cachorro! O curioso aqui é que uma preocupação natural de quem tem cães é a redução da ansiedade e do estresse nos cães, sendo que o oposto também ocorre: cães ajudam a diminuir ansiedade e estresse em seus donos.

Diversos estudos descobriram já que a interação positiva entre humanos e cães promove a diminuição do sentimento de ansiedade. Os responsáveis por isso são a diminuição dos glicocorticóides (hormônio que causa o estresse) e o aumento dos níveis de dopamina e ocitocina.

13. Adotar um cãozinho reduz sensações de dor

Em um estudo de 2003, intitulado “Neurophysiological correlates of affiliative behaviour between humans and dogs” descobriu que a interação positiva entre cães e pessoas (com duração entre 5 e 25min) resultou em aumento de beta-endorfina e ocitocina.

Esses hormônios desempenham papel importante em nossa capacidade de controlar a dor e também para nossos limites individuais de suportar dor. Um estudo mais antigo, de 1996, também apontou que os benefícios de ter um cachorro estão relacionados a diminuição de consumo de analgésicos.

Os pacientes do estudo eram menos dependentes de medicação para a dor durante a realização de terapias junto de animais de estimação.

Não vão faltar ENDORFINA e OCITOCINA pra deixar você mais feliz!

14. Donos de cães são mais felizes!

A relação aqui é de mão dupla: donos de cachorros são mais felizes e cães que tenham donos responsáveis e amorosos também vivem melhor. No mesmo estudo citado no item anterior, indicou que o hormônio da dopamina também é liberado em nosso cérebro após interação com nossos pets.

A dopamina é um neurotransmissor que desempanha papel fundamental para o sentimento de felicidade. Tanto é que, baixos níveis de dopamina são associados à depressão.

15. Cães ajudam a prevenir solidão social

Se você deseja melhorar sua comunicação e interação social, adote um cachorro. Um artigo escrito por psicólogos em 2015 descobriu que ter um cãozinho leva a maiores níveis de interação entre as pessoas.

Essa interação leva ao desenvolvimento de laços de amizade e crescimento de redes sociais (reais, não virtuais!). Como resultado, menos isolamento, menos solidão.


Essas 15 benefícios de se adotar um cachorro são apenas algumas das razões pelas quais amamos cães. Nós já compartilhamos aqui outros 13 benefícios de dormir com o cachorro, você viu?

Agora gostaríamos de saber de você. O que, pra você, é mais importante sentir ao ter um cãozinho?

Diga pra gente nos comentários abaixo.

Fonte:
Top Dog Tips