Mulher com câncer junto de seu cachorro
Ciência Saúde

Cães podem salvar você do câncer, revela pesquisa

Pesquisa americana revela que cães tem condições de identificar câncer com até 98% de acerto!

Cães farejando sangue pode ser mais recente fronteira científica na detecção de câncer, revela estudo apresentado na Conferência de Biologia Experimental de 2019 em Orlando, nos Estados Unidos.

O excelente faro dos cães já auxilia os seres humanos em caçadas, ações anti-drogas, encontrar corpos desaparecidos e mais recentemente na detecção de Diabetes e Epilepsia. Por conta dessa estupenda característica, (cães tem entre 10.000x e 100.000x mais precisão no faro que os humanos), cães treinados conseguiram identificar amostras de sangue de pacientes com câncer com 98% de precisão.

Beagle utilizado para identificar amostras de material cancerígeno
Beagle utilizado para identificar amostras de material cancerígeno

Mais um motivo para chamá-los de “melhor amigo do homem”

Heather Junqueira, líder pesquisadora do estudo, diz que os resultados podem fazer com que os cães sirvam de abordagem não-invasiva e de baixo custo para o rastreamento de câncer – e talvez até mesmo outras doenças.

Segundo Heather, os cães podem detectar câncer antes mesmo de outros exames tradicionais.

Esse trabalho é estimulante, pois abre caminho para novas pesquisas que podem levar a novas ferramentas de detecção de câncer. Um desses caminhos é a detecção de perfumes caninos como método de triagem para o câncer. Outro seria a determinação de compostos biológicos que os cães detectam e, então, projetar testes de rastreamento do câncer baseado nesses compostos.

Afirma a pesquisadora Heather Junqueira
Dra Heather Junqueira com quatro dos Beagles utilizados no laboratório
Dra Heather Junqueira com quatro dos Beagles utilizados no laboratório

O treinamento

Na pesquisa da equipe de Junqueira, quatro Beagles foram ensinados a distinguir entre amostras de sangue saudável e de pacientes com câncer de pulmão maligno. A pesquisa se deu no laboratório BioScentDx.

Dos quatro cães, três foram capazes de identificar amostras cancerígenas em 96,7% das vezes.

Momento em que dra Heather Junqueira acompanha um dos cães utilizados no estudo
Momento em que dra Heather Junqueira acompanha um dos cães utilizados no estudo

[ Veja também: Estudo comprovou. “Cachorro também é gente” ]

Estudos atuais e as possibilidades para o futuro

No momento, cientistas do laboratório BioScent Dx estão testando se os cães conseguem identificar o câncer a partir de um condensado da respiração de pacientes com câncer de mama.

Amostras de material cancerígeno utilizado no estudo
Amostras de material cancerígeno utilizado no estudo

A empresa lançou estudo sobre câncer de mama, onde as participantes doam amostras de sua respiração para triagem de cães treinados a farejar o câncer. Na fase posterior, os cientistas planejam isolar os compostos químicos em amostras e identificar com exatidão onde o odor se origina. A confiança da equipe é grande para que os cães possam identificar com sucesso durante os testes de cheiros.

Testemunhamos esses cães detectarem células pré-cancerígenas, ou seja, em estágio muito inicial. Entre nossos 26 cães há aqueles que identificam câncer em geral e também os treinados especificamente em tumores de mama e pulmão. Em breve ampliaremos os treinamentos para incluir cânceres de próstata, colorretal e melanoma.

Explica Heather Junqueira
Junqueira prepara amostras para seguir com experimento
Junqueira prepara amostras para seguir com experimento

Um exame acessível e pouco invasivo

A cientista Heather Junqueira diz que esse teste pode ser considerado uma maneira viável e acessível para auxílio dos métodos de triagem tradicionais. O teste custa apenas US$50 no site do laboratório. Embora ela enfatize:

É importante considerar que esses testes não tem pretensão de substituir visitas preventivas ao médico ou testes de diagnóstico, como a mamografia por exemplo. Por mais que ainda não exista cura para o câncer, a detecção precoce oferece esperança e alto índice de recuperação. Um teste que detecte tão previamente a origem de câncer poderá salvar milhares de vidas e mudar a forma como tratamos a doença.

Pontua dra. Junqueira

Fonte:
BioScent Dx
Intelligent Living

Você pode gostar também!

Sem comentarios

Deixe um comentario

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.