Comportamento Psicologia

Humanos amam mais os cães do que pessoas

Cientistas da Universidade Northeastern e University of Colorado concluiram estudos que podem ser surpreendente a algumas pessoas e natural para outras: humanos amam mais cães que as pessoas.

Humanos amam mais os cães

Cachorros adultos são percebidos como crianças para as pessoas.

Humanos amam mais os cães: A pesquisa

A pesquisa se deu com 256 estudantes universitários. Foram apresentadas notícias fictícias e pedidos para os participantes indicarem o grau de empatia em relação aos atores dos fatos. As situações fictícias consideraram violência a humanos e violência a cães.

Cachorrinho abandonado

Olhando para essa foto conseguimos imaginar por que amamos mais os cães? 🙂

[ Veja também: Pai “resgata” brinquedo favorito do seu cachorro ]

O resultado

Os pesquisados demonstraram mais amor aos cães do que a humanos adultos. O resultado do estudo sugere que “a idade faz diferença para a empatia em relação às vítimas humanas, mas não para as vítimas cães.” Uma instituição britânica de caridade conduziu experimento semelhante, onde arrecadou fundos para as ações e apresentou duas versões de um mesmo anúncio. Ambos diziam:

“Você daria £5 para salvar Harrison de uma morte lenta e dolorosa?” A versão do anúncio trazia a foto real de Harrison Smith, um menino de apenas 8 anos que foi diagnosticado com uma séria doença muscular. O outro anúncio apresentava a foto de um cachorro.

Quando os anúncios foram veiculados, com seus devidos links para doação à instituição de caridade, a que mostrava o cachorro atraiu o dobro do número de cliques (230) frente ao anúncio com a foto do menino (111 cliques).

Humanos amam mais os cães

Por entendermos que os cachorros são puros e completamente inocentes, atribuímos mais cuidado ao animal do que a outro ser humano.

Conclusão: por que as pessoas amam mais os cães?

“Pode ser que muitas pessoas entendam os cãos como vulneráveis, independente da idade quando comparados a humanos adultos. Em síntese, os cães – pequenos ou idosos – são vistos com o mesmo zelo assoaciado ao bebês humanos”, informa o estudo.

Para o psicoterapeuta Justin Lioi, “nós temos mais facilidade em criar empatia com aqueles que tem pouca culpa por suas circunstâncias”. Ele ainda completa: “Cães e bebês são a definição do ‘não pedi por isso’ e nós somos mais inclinados a ajudá-los por isso”.

A sociologista e psicoterapeuta Kathrine McAleese tem clientes que trabalham com cães e afirma que vê esse fenômeno com frequência. “As pessoas que se encaixam nesse perfil veem os animais como totalmente inocentes e os humanos pouco repletos dessa pureza infantil”. Ela adiciona: “quando questiono as pessoas sobre por que investem o dinheiro na saúde e bem estar do cão em vez de nelas mesmas, a grande maioria das respostas é a de que ‘porque meu cachorro merece'”.

O resultado da pesquisa também não surpreendeu o especialista em treinamento animal Russel Hartstein. Para ele “cães oferecem amor incondicional e, por isso, as pessoas tendem a fortalecer um laço com seus pets mais do que com outras pessoas”. Hartstein também afirma que muitos de seus clientes oferecem cuidado especial aos pets por os verem como crianças. “Ao levarem os cães a treinamentos, cuidar de sua saúde física e mental, as pessoas tendem a se aproximar muito de seus pets”.

Pra você, esse estudo faz sentido?
Adoraríamos saber o que você acha disso tudo. Deixe seu comentário abaixo!

Fonte: ILOVEMYDOGSOMUCH
PDF: Are People More Disturbed by Dog or Human Suffering? Influence of Victim’s Species and Age

Você pode gostar também!

1 Comentario

  • Reply
    Estudo comprova: "cachorro também é gente" - Petite Sofie Blog
    11 de junho de 2019 at 11:30 AM

    […] Veja também: Humanos amam mais os cães que pessoas […]

  • Deixe um comentario

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.