Comedouro para cachorro: Destaque Woof Classic
Produtos Saúde Sem categoria

Comedouro ideal para cachorro: O GUIA COMPLETO

Escolher o comedouro para cachorro IDEAL pode parecer um processo rápido, mas é importante você considerar alguns pontos antes de decidir. Da mesma forma que há centenas de raças, basicamente quatro grupos separados por porte e três tipos de focinho, existem dezenas de tipos de comedouro. De maneira direta, veja o que você deve considerar antes de comprar o comedouro para seu pet:

  • Material
  • Tamanho, capacidade e altura
  • Características particulares
  • Design

Vamos esmiuçar melhor cada ponto desses abaixo. Pois no final, você deverá saber qual é o comedouro para cachorro ideal para o seu! Combinado? 🙂

Comedouro para cachorro: qual é o material ideal?

A variedade de material é grande. Mas aqui, o ponto mais importante que você deve considerar é a saúde do seu cachorro. Confira abaixo um rápido review de cada tipo de material:

Tigela em Aço Inox

Comedouro para cachorro em Aço Inox

Tigela em Aço Inox

Uma das melhores matérias-prima para um comedouro pet. O aço inox é durável, resistente a quedas e mordidas dos cães mais nervosos e não possui ranhuras no material. Devido a elas que restos de alimentos ficam grudados e como consequência, proliferam bactérias. Podem ser facilmente lavados à mão ou na máquina de lavar. Outra vantagem é a relação custo/benefício, em geral mais baratas que as de porcelana. Os pontos negativos ficam para o design, que geralmente perde para tigelas em cerâmicas e porcelana. Em geral as tigelas são feinhas…

Tigela em Porcelana

Comedouro para cachorro em porcelana

Tigela em Porcelana

A porcelana é uma matéria-prima nobre. Da mesma forma que é utilizada para pratos e utensílios domésticos mais finos para humanos, a mesma concepção é trazida para os comedouros dos pets. O grande diferencial da porcelana é o aspecto puro, clean, higiênico. E por falar em higiene, essa é uma das principais características desse material. Muito fácil para limpar, pode ser higienizada à mão ou na máquina de lavar. Se o pet gostar da ração quentinha, essa é uma tigela que pode ser levada ao microondas, diferente das de alumínio e inox. Seus pontos negativos ficam para o preço, mais altos que as outras, e o maior risco de se quebrar.

Tigela em Vidro

Comedouro para cachorro em vidro

Tigela em Vidro

Semelhante à porcelana, a tigela de vidro é uma das mais indicadas para ser utilizada na hora de servir ração ou água para seu cachorro. Como tem superfície livre de poros e nenhuma ranhura, a higienização é mais fácil e eficaz que nas de cerâmica, plástico ou alumínio. Geralmente as tigelas em vidro compõe comedouros suspensos, mais adequados a cães altos. Como a tigela de porcelana, suporta grandes temperaturas sem deformar ou emitir resíduo. Excelente para mante-la limpa e, assim, garantir distância das bactérias. O ponto negativo fica por conta da fragilidade. Uma queda ou um cãozinho muito nervoso podem quebrar a peça.

Tigela em Cerâmica

Comedouro para cachorro em cerâmica

Tigela em Cerâmica

Matéria-prima mais barata que o vidro e a porcelana, as tigelas em cerâmica geralmente tem os designs mais criativos. Semelhantes ao vidro e a porcelana em relação à higiene, os comedouros de cerâmica possuem mais ranhuras que os citados. Isso exige um pouco mais de cuidado na limpeza, mas o material é uma excelente sugestão para oferecer água ou ração ao seu cachorro. O ponto negativo fica por conta da grande fragilidade. Cães mais brutos podem quebrar facilmente as tigelas em cerâmica.

Tigela em Alumínio

Comedouro para cachorro em Alumínio

Tigela em Alumínio

Uma das opções mais baratas. No entanto, uma das mais nocivas à saúde do cachorro. Recipientes em alumínio podem ser prejudiciais, tanto para humanos, quanto para os cachorros. Com o tempo de uso, fragmentos de alumínio são progressivamente soltados à água ou ração e ingeridos pelo pet. Em longo prazo, o animal pode ser acometido por doença neurológica. A tigela em inox – semelhante visualmente – deve ser sempre preferida.

Tigela em Melamina

A melamina é um composto semelhante ao plástico, mas mais resistente. Resistente até mesmo ao fogo.

Comedouro para cachorro em Melamina

Tigela em Melamina

Mais acessíveis e com ofertas de design mais criativos, os comedouros em melamina ocuparam grande espaço no mercado pet.

No entanto, os comedouros em melamina oferecem – em menor grau – riscos à saúde do animal como as tigelas em plástico. Se partículas do material contaminarem água ou ração, em longo prazo podem oferecer problemas renais nos pets.
IMPORTANTE: caso sua tigela em melamina sofrer um risco ou rachadura, não a utilize mais!

Tigela em Plástico

A mais popular e barata tigela para cachorro do mercado. Mas infelizmente as menos indicadas também. Quando aquecido, o plástico libera Bisfenol A, um verdadeiro veneno tanto para pets (tanto quanto para seres humanos).

Comedouro para cachorro em Plástico

Tigela de Plástico

Os potinhos em alumínio e plástico são os menos indicados por conta da sua superfície porosa e apresentação de muitas ranhuras – que são agravadas com o tempo de utilização e limpeza. Essa é uma desvantagem séria, pois podem gerar bactérias e micro-organismos responsáveis por provocar alergias ou doenças mais graves no cachorro.
IMPORTANTE: caso sua tigela de plástico sofrer um risco ou rachadura, não a utilize mais!

Avaliação dos materiais:

A seguir, veja uma tabela comparativa que, por meio de pontos objetivos, avalia os quesitos. As atribuições são de responsabilidade da Petite Sofie. Se por algum motivo você discordar, sinta-se livre para comentar no campo designado abaixo do post. Adoraremos receber sua crítica e avaliação. Quanto mais estrelas douradas, melhor a avaliação. Veja:

  • Design: aspectos visuais que assumem as tigelas dos respectivos materiais
  • Durabilidade: +estrelas, maior resistência do material ao longo do tempo
  • Risco à saúde do pet: +estrelas, mais seguro ao pet
  • Fragilidade: +estrelas, mais resistentes a impacto
  • Custo: +estrelas, melhor o preço
Aço Inox 
Design
Durabilidade
Risco à saúde do pet
Fragilidade
Custo
Porcelana 
Design
Durabilidade
Risco à saúde do pet
Fragilidade
Custo
Vidro 
Design
Durabilidade
Risco à saúde do pet
Fragilidade
Custo
Cerâmica 
Design
Durabilidade
Risco à saúde do pet
Fragilidade
Custo
Alumínio 
Design
Durabilidade
Risco à saúde do pet
Fragilidade
Custo
Melamina 
Design
Durabilidade
Risco à saúde do pet
Fragilidade
Custo
Plástico 
Design
Durabilidade
Risco à saúde do pet
Fragilidade
Custo

Qual é o tamanho (e altura) ideal para seu cachorro?

Pode parecer “frescura”, mas o desenho do comedouro para seu cachorro, o tamanho da “boca” e a altura fazem grande diferença no conforto para ele se alimentar. E assim, se alimentar melhor sem deixar sobras ou fazer sujeira ao redor da tigela. Se seu cachorro for muito pequeno e a tigela grande, o risco de você errar na dose de ração é grande. O oposto também pode acontecer. Um potinho muito pequeno para um cachorro grande pode promover muita sujeira. Certamente o cachorro tentará derrubar a ração da tigela para comer com mais conforto.

Comedouro para Cães Pequenos

Comedouro para cachorro pequeno: Chihuahua (foto), Yorkshire, Daschund, Boston Terrier, Spitz Alemão Anão, Schnauzer e Poodle mini e outras raças, ou SRDs, de porte pequeno com peso máximo de 7kg.

 

Comedouro para cachorro médio

Comedouro par cachorro médio: Pug (foto), Buldogue Francês, Spitz Alemão, Schnauzer, Maltês, Lhasa Apso, Beagle, Poodle e outras raças, ou SRDs, de porte médio até no máximo 15kg.

 

Comedouro para cachorro grande

Comedouro para cachorro grande: Golden Retriever (foto), Bulldog Inglês, Border Collie, Labrador, Pit Bull, Pastor Alemão e outras raças, ou SRDs, de porte grande, acima dos 20kg.

 

Comedouro suspenso para o cachorro

No caso de comedouros suspensos, a indicação é mais adequada para casos de cachorros grandes (altos) e idosos – ou com problemas articulares. Oferecer água e ração a uma altura do chão é um conforto importante para cães que sentem dores para se abaixarem até a comida no chão. Caso seu cachorro é alto, mas em plena saúde, oferecer água e ração a certa altura do chão será certo alívio e uma refeição mais confortável.

Como definir a altura para o comedouro?

Comedouro suspenso para cachorro grandeConsidere a altura que vai do chão ao peito do seu cachorro. Exatamente onde “se iniciam” os braços.

Características particulares

Dependendo do desenho do crânio de seu cachorro, tigelas podem não ser adequadas ou até pior: podem atrapalhá-lo a comer. Por isso, além de verificar o tamanho do seu pet – e então o comedouro adequado a ele – considere também a disposição do focinho, já que é justamente por meio dele que o alimento e a água são consumidos.

Tipos de focinho de cachorro

O desenho do focinho do cachorro também influencia na escolha do comedouro para seu cachorro. A abertura da tigela é importante para oferecer conforto ao animal na hora de beber água ou comer a ração.

Cães Dolicocefálicos – focinho fino e comprido

A característica principal de cachorros dolicocéfalos é a cabeça longa, estreita, com a testa muito inclinada e focinho longo.

Cães Mesaticefálicos – focinho grosso e comprido

Nos cachorros mesaticéfalos, a cabeça tem comprimento médio e largura um pouco maior que a dos dolicocéfalos. O focinho tem comprimento igual ao do crânio ou um pouquinho menor.

Cães Braquicefálicos – focinho curto

Grande parte dos cachorros é braquicéfalo. Isso significa focinho bem curto. Alguns parece quem nem focinho tem! Para melhores informações a respeito desse tipo específico de cachorro, veja esse excelente artigo.

Design: O comedouro ideal também para sua casa

Ao tratar do material e do tamanho do comedouro ideal para seu cachorro, a preocupação é totalmente com o animal. Quando falamos em design, desejamos tratar da harmonia da peça que você escolher em relação aos móveis e decoração de sua casa. Potinhos folheados em ouro, em formato de coração, em formato de ossinho… a criatividade é infinita no ramo. Na Petite Sofie, o destaque para essas sugestões são os comedouros Woof Classic.

Comedouros lindos para cachorro

Os comedouros para cachorro podem ser lindas peças de decoração também!

Agora que você está totalmente esclarecida a respeito dos comedouros, que tal conhecer o manual de duas lindíssimas caminhas para você mesma fazer em casa! Veja o artigo: DIY: Faça você mesmo essas caminhas.

You Might Also Like

1 Comment

  • Como evitar formigas na ração: 7 passos fáceis de executar - Petite Sofie Blog
    25 de Fevereiro de 2018 at 10:42 AM

    […] que você tem os comedouros ideais para seu cachorro? Após verificar essas dicas, escolha o comedouro do seu pet na Petite Sofie. Muita qualidade […]

  • Leave a Reply