Adestramento Comportamento Psicologia

Adestrar cachorro: Experiências de quem já fez

Adestrar cachorro por meio da técnica chamada “treinamento de arrombamento” não significa ensinar seu cãozinho a arrombar casas 🙂 Arrombamento, nesse caso, diz respeito a algo bem comum para quem tem um cachorrinho “indomável” em casa: xixi no sofá ou carpete, almofadas destruídas, pé de mesa roído e assim por diante.

A publicação americana About selecionou algumas experiências vividas por quem utilizou a técnica para adestrar cães e compartilhou.
Veja o que dizem:

Tentativa e erro

Adestramento: experiências de donos que já fizeram

Dachshund Tammy, a famosa “salsichinha”

Eu peguei uma Dachshund filhote, com 6 semanas de vida e não fazia ideia por onde começar. Fiz tudo errado no início. Até perdi cabelo tentando treina-la. Então fiquei surpresa ao deixa-la com meus outros cachorros enquanto eu trabalhava. Depois de mais ou menos um mês a pequena Dachshund fazia xixi no tapete ou corria para fora de casa quando a porta estava aberta para fazer necessidades. Eu acho que os cães preferem fazer fora de casa, mas repetição é a chave.

Coloque o jornal, ou o tapete higiênico, onde o cachorrinho sempre vai. Depois, com o tempo, coloque onde você quiser. Ele vai seguir. Espero que funcione para você também!

Compartilhando dicas

Leve o cachorro até onde ele precisa fazer xixi, mas leve-o quantas vezes for necessário. É importante que ele aprenda a ir sozinho. O tapete higiênico é uma ótima opção para adestrar o cachorro a fazer as necessidades. Dorothy

Adestramento: experiências de donos que já fizeram

Bebê usando o tapetinho higiênico


Tocando o sino para sair

Tenho um pequeno sino ao lado da porta de saída de minha casa. Toda vez que eu saía com meu Papillon de apenas 7 semanas, eu batia com a patinha dele no sino. Poucos dias depois, toda vez que ele queria sair, ia até o sininho ao lado da porta e tocava com a pata.  Michelle Jordan

Adestramento: experiências de donos que já fizeram

Com carinho e paciência, seu cachorrinho vai se comportar como você desejar

 Treinando em casa

Peguei meu cachorrinho quando ele ainda tinha apenas 4 semanas de vida, um verdadeiro bebê. Na primeira noite, ele fez as necessidades por toda a casa. Então comprei um tapete higiênico para me ajudar a adestra-lo.

Depois das refeições e de brincar um pouco, eu trazia o tapete para perto. Nos dias seguintes ele já reconhecia o tapete e começou a usa-lo. Claro, tive alguns “acidentes de percurso”, mas ele está evoluindo. Uma dica importante é dar muito carinho quando ele acerta. Ajuda muito! Laby

Adestramento: experiências de donos que já fizeram

Some amor e carinho à educação de seu pet. O resultado é certo!

 

Meu pug espertinho

Adotei um pug com 6 semanas e meia. Como vivo em um apartamento, iniciei o “treinamento da grade” com ele. Depois de um tempo, arrumei um penico para que ele fizesse as necessidades. Com paciência, sempre mandava ele fazer xixi no penico. Hoje com 8 semanas de vida ele erra poucas vezes “o alvo”. Em nenhuma hipótese eu bato ou aplico qualquer punição. Ele dorme no quarto comigo e às vezes chora no meio da noite para ir ao “banheiro”. Puglover

Adestramento: experiências de donos que já fizeram

Com o treino da grade, seu cãozinho vai ser educado rapidinho.

Adestrando em casa

Nunca levei mais de uma semana para adestrar um cachorro de 8 a 12 semanas de vida. Enquanto estou em casa, dou atenção e quando saio deixo ele na caixa. Tem que ficar atento para a hora em que ele acorda, come e faz as necessidades. Os cães gostam de dar uma voltinha depois de comer.

Outra dica é: mantenha as portas da cozinha e dos quartos fechadas para evitar que o cachorro corra sem sua supervisão até que esteja bem treinadinho. Alimente o cachorro na caixa (grade), assim eles vão associar o lugar com algo positivo, o treino fica mais eficaz. Coloque alguns jornais ou tapetes higiênicos em alguns cantos estratégicos da casa, assim ele pode fazer as necessidades quando você não estiver de olho. Também deixe alguns tapetes fora de casa para servir de destino das necessidades quando o cãozinho estiver lá.

Importante: nunca chame ele de volta para casa se estiver procurando fazer as necessidades fora. Isso pode força-lo a segurar o xixi, o que não é bom. Sempre que o filhote acertar o tapete ou a almofada higiênica, dê carinho, festeje, mostre que foi algo positivo. Enquanto o cachorro tiver menos de 4 meses, não deixe que durma dentro da caixa. Ele não vai conseguir segurar o xixi. Até lá, use as almofadas higiênicas. Treinadora

Adestramento: experiências de donos que já fizeram

Observação, paciência e claro: muito amor!

Treinando o filhote a “ir ao banheiro”

Alguns petiscos e muito carinho para quando ele faz a coisa certa. Perceba de antemão a vontade do cachorro se ele começar a farejar por todos os lugares. Ele para, olha para a porta de saída, senta e espera por mim. Levei dois meses para treina-lo, mas acredito que levou esse tempo porque quebrei minha perna. Acho que dificultou bastante o processo.

Judy Ligget

Treino de arrombamento de filhotes

Nunca usei a técnica da grade (caixa) quando meus cachorros eram filhotes. Mas assim que acordavam, eu os levava pra fora para fazer as necessidades. Durante o dia quando percebia que precisavam, levava também. Se eu levantava durante a noite para ir ao banheiro, eles também acordavam e iam para fora.

Logo perceberam que quando precisavam “ir ao banheiro”, davam um jeito de me avisar. Eu não tive problemas algum para ensina-los. Se você percebe os sinais de seu cachorro e os orienta adequadamente, eles vão dar um jeito de falar – do jeito deles – pra você que precisam ir ao banheiro. Diane Sahakian

Treino de “arrombamento” (tradução livre para housebreaking) é fundamental para a obediência do seu pet

Amantes de Greyhound que não querem adestrar

Se você não quer adestrar um filhote, sugiro que adote um Greyhound de cerca de dois anos. A maioria é treinado na caixa (grade) e são postos a adoção depois dos dois anos.

Debbie Orth

“Arrombamento” não, treinamento sim

Não gosto do nome “arrombamento”. O que fiz foi adestramento mesmo com meus filhotes. Para conquistar os melhores resultados, tive muita paciência e atenção. Levo meus bebês com frequência pra caminhar fora de casa e procurei gravar neles a palavra “potty”. Falando ela, eles devem fazer as necessidades no local correto. Uma vez que eles fazem no local correto, faço bastante carinho e brinco com eles. E assim sempre os treinei.

As vezes que me atraso para chegar em chegar, pensava que tudo estaria “uma zona”, mas pelo contrário, quando chego, tenho apenas meus filhotes apaixonados com minha volta. Isso prova – para mim – que o método funciona.

O cachorro sempre deseja agradar o dono. Ele só precisa ser ensinado a COMO faze-lo 🙂

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply