Treinamento de "arrombamento"

22:21 0 Comments

Ensinar o cãozinho a se comportar em casa é a primeira coisa que você deve fazer com seu filhote. E isso deve começar o mais cedo possível, por mais que você vai precisar ter paciência. Em geral, filhotes são incapazes de controlar suas bexigas e intestinos até 12 semanas de idade. Se seu cãozinho é mais novo que isso, extra paciência pra você.

De qualquer forma, se você já tem um cãozinho mais velho ou adulto, o adestramento do "arrombamento" é ainda possível de ser aplicado. O tempo do aprendizado depende de cão para cão.

Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
O treinamento de arrombamento requer disciplina e persistência

Defina e siga uma agenda

Determine uma hora - seja na manhã, tarde ou noite - para iniciar o treinamento. Tente sempre levantar no mesmo horário toda manhã e leva-lo para fora de casa logo na sequência. Alimente-o sempre nas mesmas horas e leve-o para passear imediatamente depois de ele ter comido.
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
Uma rotina bem regrada auxilia seu cãozinho a aprender a lição mais rapidamente

Fique atento aos sinais

Se seu cãozinho começar a farejar, circular ou andar pela casa... esses são sinais que é hora de ir. Se você perceber os sinais, leve-o para fora de casa imediatamente. Caso você perceba no momento em que ele está "causando um acidente", diga "não" firmemente e leve-o para fora de casa para terminar o trabalho, sempre fazendo carinho após ele concluir.
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
Ao menor sinal de "to precisando ir no banheiro", tire-o de casa! :)



NUNCA puna, agrida ou esfregue o focinho na sujeira! Isso apenas o ensina a ter medo de você. Se você achar alguma sujeira em casa, mas não o pegou no flagra, NÃO CORRIJA. O cachorro associa a punição à qualquer outra ação e isso o deixará confuso em vez de educado.

Dono da palavra

Escolha uma palavra ou frase curta, por exemplo "pra fora" ou "faça aqui". Use a palavra ou frase consistentemente, então ele vai aprender como um comando. Sempre traga seu cãozinho para a mesma área quando fora de casa. Seja no quintal ou na rua em frente ao seu apartamento durante o treinamento do arrombamento. O odor da área o encoraja a urinar ou defecar no lugar novamente. Não esqueça, sempre que ele fizer o trabalho bem feito, no lugar correto, faça um carinho e mostre que ficou satisfeito.
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
O pet vai entendendo que você gostou do que ele fez quando você o dá carinho

Fui para o mercado ou estou no trabalho. E agora?

Sempre que você estiver fora de casa, seu cachorrinho deve ficar na caixa (grade) ou no canil. Você pode comprar uma caixa ou um canil grande pensando em utilizar até quando seu filhote crescer, apenas divida o espaço para que não seja possível o cãozinho ter muito espaço para deitar. Instintivamente isso vai fazer com que o filhote não queira sujar a própria área. Mas seja cuidadoso, não deixe o filhote na caixa ou canil por mais de 6h. Ele pode não conseguir se segurar por tanto tempo.
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
A impressão é que ele está preso e corta o coração né? Mas ele está aprendendo a se comportar!
Se você fica mais do que esse tempo fora de casa, tenha o cuidado de voltar para libera-lo da caixa ou tenha alguém que o faça por você.

Não quero deixa-lo na caixa

Se você escolher não deixa-lo na caixa ou canil enquanto fora de casa, pode deixa-lo em um quartinho ou espaço da casa fechado que não tenha carpete ou piso de madeira. Coloque um tapete higiênico em um canto do espaço e brinquedos e cama no outro. Geralmente os cães preferem urinar em locais que tenham absorção do líquido, mas vão evitar fazer isso nas próprias camas. O ideal será se ele escolher fazer as necessidades no tapete higiênico. Esse método leva mais tempo de aprendizagem do animal do que o método da grade (caixa).
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
Tapetes higiênicos são ótimos aliados na educação do seu filhote

REGRAS QUE VOCÊ NÃO DEVE ESQUECER

  1. Faça sempre muito carinho e mostre satisfação quando ele se comporta de acordo com o que você deseja;
  2. Matenha uma rotina disciplinada;
  3. NUNCA puna, machuque ou agrida de alguma forma fisicamente o bichinho ao pega-lo fazendo algo errado;
  4. Não corrija o cãozinho se não for no flagrante.


O treinamento de arrombamento pode levar alguns meses, então persista. Lembre-se que seu cãozinho deseja servi-lo e satisfaze-lo, mas ele apenas precisa aprender como. Seja sempre muito claro quando for fazer carinho ou corrigi-lo nas ações. Progressivamente você vai perceber os avanços e bons resultados.


Pesquisa revela quanto brasileiro gasta com pet

21:27 0 Comments

A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) divulgou informações sobre o consumo do paulista com produtos e serviços pet.

Segundo a pesquisa, o gasto com cães pode chegar a quase R$ 308/mês - para o caso de investimentos em produtos e serviços para cães de grande porte. Se o cão for pequeno, o gasto mensal não passa de R$ 135. Se o animal de estimação for um gato, o investimento total não passa de R$ 85/mês.

Brasil de cães e gatos

Em outra pesquisa da Abinpet, mostrou-se que a população de cães é de pouco mais de 37,1 milhões de indivíduos, enquanto 21,3 milhões são gatos. Enquanto a população de cães teve aumento de 4%, o número de gatos mais que dobrou essa proporção. São mais de 8%.

Conforme leitura desses números, esse crescimento na população de gatos vai ao encontro do fato de as pessoas que vivem em grandes cidades e em apartamentos preferirem os felinos - que são menores e mais independentes que os cães.

Pesquisa revela quanto gastam os brasileiros com seus animais de estimação
A linda Ana Hickmann exibe dois de seus cãezinhos nas redes sociais

Bichinhos econômicos

Para quem deseja um animal barato, aves, peixes e roedores sãos os mais leves para o bolso. As aves custam apenas R$ 15/mês enquanto os peixes somam R$ 18 e roedores podem chegar a R$ 25/mês.

Bichos de estimação mundo afora

Na pesquisa que reflete índices de 2012, os Estados Unidos lideram o mercado mundial de pet food, care, vet e services, com 30% do faturamento. Depois vem o Brasil com cerca de R$ 14,2 bilhões, então Japão (8%), Reino Unido (7%), França (6%) e Alemanha com 6% do faturamento global no setor.


Veja na tabela abaixo a relação de custo por espécie e diferentes tamanhos de cães:


Pesquisa revela quanto gastam os brasileiros com seus animais de estimação
Tabela de informações fornecida pela Abinpet

DogsApp: o "Tinder" pet

18:15 0 Comments

Nunca aquela clássica xavecada "qual é o telefone de seu cachorrinho?" fez tanto sentido. O DogsApp é um aplicativo criado para promover encontros entre cães - ou seus donos - com mesmo interesse.

Procurando um namorado ou namorada para seu cãozinho?

DogsApp: o Tinder para seu pet
Cães também amam! :)

Para encontrar a alma gêmea de seu cãozinho e promover o cruzamento, o usuário do aplicativo pode filtrar as buscas por raça, idade, sexo e principalmente localização. Semelhante ao famoso Tinder, você navega pelas fotos do cãozinho e curte as que mais gostar. Se do outro lado o gosto corresponder, é enviada uma notificação ao celular do dono, que poderá conversar com a outra parte.

O principal objetivo do aplicativo é o encontro entre as raças desejadas para cruzamento, mas nada impede que os donos façam novas amizades e conheçam gente com suas mesmas afinidades.

DogsApp: o Tinder para seu pet
O funcionamento do DogsApp é bem semelhante ao Tinder

Apenas para Android

No momento, o DogsApp está disponível para Android. Mas novidades para outras plataformas devem chegar em breve.

Aplicativos que fazem sucesso lá fora

Os americanos estão um pouco na nossa frente em relação à oferta de soluções para o cuidado com os bichinhos de estimação. Veja abaixo uma lista dos principais apps de lá, listados pela Mashable:

Tagg

Tagg é essencialmente um GPS anexado à coleira do cão. Mas seus benefícios são imensos. É para deixar o dono bem tranquilo. O aplicativo monitora a atividade do cãozinho e envia notificações para o celular do dono sempre que ele avançar os limites de área prestabelecidos. E não apenas isso, Tagg ajuda a mensurar o quanto de exercício o cachorro fez informando o quanto ele tem se movimentado.

Aplicativos para auxiliar o cuidado com o pet
App + GPS acoplado à coleira do cãozinho mantém o dono informado das atividades.

DoggyDatez

O DoggyDatez é semelhante ao DogsApp. Aqui a ideia é "marcar território" e ver quem visita sua área. Você pode também buscar pelos cães dos usuários por sexo, idade, raça e... também filtrar a busca por sexo dos donos dos cães ;)

Aplicativos para auxiliar o cuidado com o pet
A versão americana do Tinder para "petlovers"

Pet Phone

Com o Pet Phone você monitora a saúde de seu pet. Organize a agenda de medicações, compromissos com o veterinário e até lista de alergias e alimentos que seu pet tenha restrições. O app é indicado a quem tem vários bichinhos e está disponível apenas para usuários iOS.

Aplicativos para auxiliar o cuidado com o pet
O Pet Phone ajuda a você se organizar com seus pets. Indicado para quem tem vários.

Petoxins

É difícil, mas não impossível, saber tudo que pode ser perigoso para seu cãozinho. O aplicativo Petoxins ajuda você a conhecer plantas perigosas para os cães para que você possa mante-lo seguro, longe de intoxicações.

Aplicativos para auxiliar o cuidado com o pet
Por exemplo: você sabia que os bulbos de tulipa são perigosos para seu pet?

MapMyDogWalk

O app foi projetado para que você possa manter-se em forma junto de seu cãozinho. Com o MapMyDogWalk é possível monitorar calorias, percurso percorrido e rotas favoritas usando o GPS do smartphone. É possível também "taguear" fotos e compartilhar informação em pontos de interesse.

O app pode ser utilizado tanto em Android quanto em iOS

Conhece ou usa um aplicativo que lhe auxilia de alguma forma com seu bichinho de estimação? Compartilhe com a gente nos comentários abaixo!


Adestramento: Experiências de quem já fez

22:47 0 Comments

A técnica chamada "treinamento de arrombamento" não ensina seu cãozinho a arrombar casas :) Arrombamento, nesse caso, diz respeito a algo bem comum para quem tem um cachorrinho "indomável" em casa: xixi no sofá ou carpete, almofadas destruídas, pé de mesa roído e assim por diante.

A publicação americana About selecionou algumas experiências vividas por quem utilizou a técnica do arrombamento com seu pet e compartilhou. Veja o que dizem:

Tentativa e erro

Eu peguei uma Dachshund filhote, com 6 semanas de vida e não fazia ideia por onde começar. Fiz tudo errado no início. Até perdi cabelo tentando treina-la. Então fiquei surpresa ao deixa-la com meus outros cachorros enquanto eu trabalhava. Depois de mais ou menos um mês a pequena Dachshund fazia xixi no papel ou corria para fora de casa quando a porta estava aberta para fazer necessidades. Eu acho que os cães preferem fazer fora de casa, mas a repetição é a chave. Coloque o papel ou o tapete higiênico onde o cachorrinho sempre vai. Depois, com o tempo, coloque onde você quiser. Ele vai seguir. Espero que funcione para você também!

Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Dachshund, o famoso "salsicha"
Tammy

Compartilhando dicas

Leve o cachorro até onde ele precisa fazer xixi. Leve-o quantas vezes você achar necessário, até que ele aprenda a ir sozinho.

Adestramento: experiências de donos que já fizeram
O tapete higiênico é uma ótima opção para definir ao seu cão onde ele tem que fazer as necessidades
Dorothy

Tocando o sino para sair

Tenho um pequeno sino ao lado da porta de saída de minha casa. Toda vez que eu saía com meu Papillon de apenas 7 semanas, eu batia com a patinha dele no sino. Poucos dias depois, toda vez que ele queria sair, ia até o sininho ao lado da porta e tocava com a pata.  
Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Com carinho e paciência, seu cachorrinho vai se comportar como você desejar
Michelle Jordan

 Treinando em casa

Peguei meu cachorrinho quando ele ainda tinha apenas 4 semanas de vida, um verdadeiro bebê. Na primeira noite ele fez as necessidades por toda a casa. Então comprei um tapete higiênico para me ajudar a ensina-lo a se aliviar nele. Após se alimentar e brincar um pouco, eu trazia o tapete para perto. Nos dias seguintes ele já reconhecia o tapete higiênico e começou a usa-lo. Claro, tive alguns "acidentes de percurso", mas ele está evoluindo. Uma dica importante é dar muito carinho quando ele acerta. Ajuda muito!
Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Some amor e carinho à educação de seu pet
Laby

Meu pug espertinho

Adotei um pug com 6 semanas e meia. Como vivo em um apartamento, iniciei o "treinamento da grade" com ele. Depois de um tempo eu arrumei um penico para que ele fizesse as necessidades. Com paciência, sempre mandava ele fazer xixi no penico. Hoje com 8 semanas de vida ele "erra poucas vezes o alvo". Mas em nenhuma dessas vezes eu bato ou aplico qualquer punição. Ele dorme no quarto comigo e às vezes chora no meio da noite para ir ao "banheiro".

Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Com o treino da grade, seu cãozinho vai ser educado rapidinho.
Visitante Puglover

Adestrando em casa

Nunca levei mais de uma semana para treinar um cachorro de 8 a 12 semanas de vida. Enquanto eu estou em casa eu dou atenção e quando saio deixo ele na caixa. Fique ligado para a hora em que ele acorda, come e faz as necessidades. Eles gostam de dar uma volta depois de comer. Mas mantenha as portas da cozinha e quarto fechadas para evitar que corra sem sua supervisão até que esteja bem treinadinho. Alimente o cachorro na caixa (grade), assim eles vão associar o lugar com algo positivo. O treino fica mais eficaz. Coloque algumas almofadas higiênicas em alguns cantos estratégicos de sua casa, assim ele pode fazer as necessidades quando você não estiver de olho. E também deixe alguns tapetes fora de sua casa para servir de destino das necessidades quando o cãozinho estiver lá. Nunca chame ele de volta para casa se estiver procurando fazer as necessidades fora, isso pode força-lo a segurar o xixi, o que não é bom. Sempre que o filhote acertar o tapete ou a almofada higiênica, dê feedback positivo. Carinho e dizer "bom garoto" vão sempre funcionar. Enquanto o cachorro tiver menos de 4 meses, não deixe que durma dentro da caixa. Ele não vai conseguir segurar o xixi. Até lá, use as almofadas higiênicas.

Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Observação, paciência e claro: muito amor!
Treinadora

Treinando o filhote a "ir ao banheiro"

Alguns petiscos e muito carinho para quando ele faz a coisa certa. Perceba de antemão a vontade do cachorro se ele começar a farejar por todos os lugares. Ele para, olha para a porta de saída, senta e espera por mim. Levei dois meses para treina-lo, mas acredito que levou esse tempo porque quebrei minha perna. Acho que dificultou bastante o processo.

Judy Ligget

Treino de arrombamento de filhotes

Nunca usei a técnica da grade (caixa) quando meus cachorros eram filhotes. Mas assim que acordavam, eu os levava pra fora para fazer as necessidades e também durante o dia quando percebia que precisavam. Se eu levantava durante a noite para ir ao banheiro, eles também acordavam e iam para fora. Logo perceberam que quando precisavam "ir ao banheiro", davam um jeito de me avisar que precisavam. Eu não tive problemas algum para ensina-los. Se você percebe os sinais de seu cachorro e os orienta adequadamente, eles vão dar um jeito de falar - do jeito deles - pra você que precisam ir ao banheiro.

Treino de "arrombamento" (tradução livre para housebreaking) é fundamental para a obediência do seu pet
Diane Sahakian

Amantes de Greyhound que não querem adestrar

Se você não quer adestrar um filhote, sugiro que adote um Greyhound de cerca de dois anos. A maioria é treinado na caixa (grade) e são postos a adoção depois dos dois anos.

Debbie Orth

"Arrombamento" não, treinamento sim

Não gosto do nome "arrombamento". O que fiz foi treinamento com meus filhotes. Para conquistar os melhores resultados, eu tive muita paciência e atenção. Levo meus bebês com frequência para caminhar fora de casa e procurei gravar neles a palavra "potty", falando ela quando devem fazer as necessidades no local correto. Uma vez que eles fazem no local correto, faço bastante carinho e brinco com eles. E é assim que eu sempre os treinei. As vezes que me atraso em chegar em casa me fazia pensar que tudo estaria "uma zona" de bagunça, mas pelo contrário, apenas tenho meus bebês apaixonados com minha volta. Isso prova - para mim - que esse método funciona.
O cachorro sempre deseja agradar o dono. Ele só precisa ser ensinado a COMO faze-lo :)