Bravecto: o comprimido anti pulgas e carrapatos

23:42 0 Comments

O mercado está repleto de soluções para o controle de pulgas e carrapatos que atacam seu pet. Mas a solução que você está usando é de fato a melhor?

Conheça Bravecto™

Bravecto™ é um tablete mastigável que você dá ao cão junto da ração na hora de comer. Desenvolvido pela MSD Saúde Animal, o produto traz em sua composição o ativo Fluralaner, que faz parte da nova categoria de antiparasitários, as Isoxazolinas. Na prática, isso significa que o princípio ativo no Bravecto™ age de forma direta no centro nervoso central das pulgas e carrapatos, matando-os em pouquíssimo tempo.

São 12 semanas de proteção

Uma vez ingerido, a ação do tablete acontece imediatamente no corpo do cachorro. Não há necessidade de nenhuma aplicação extra. Não há com o que se preocupar, pois Bravecto™ age de dentro pra fora. São 3 meses seguidos de invencibilidade contra pulgas e carrapatos.

Uma excelente opção para cadelas prenhas ou em lactação.

Apresentação

O produto se apresenta em cinco "tamanhos", de acordo com o porte do cão. É fundamental que você saiba exatamente o peso de seu cãozinho, assim você pode escolher a posologia adequada e não oferecer dose insuficiente ou super dosagem.
Se seu cão tem mais que 56kg, recomenda-se que seja utilizado dois tabletes que, juntos, ofereçam a dose certa para o porte do seu grandão. :)

Importante: Bravecto™ não deve ser utilizado para quaisquer outros animais de estimação. Sua eficiência é comprovada exclusivamente no trato de cães.

A solução definitiva contra pulgas e carrapatos:

Bravecto na Petite Sofie
Não perca mais tempo investindo em soluções parciais. Bravecto™ resolve. Veja mais detalhes para comprar Bravecto™ aqui.

Assista abaixo a apresentação oficial de Bravecto™:



Converse com seu veterinário: Escolha Bravecto™.

Veja a seguir informações constantes na bula do medicamento:

Dicas para dar nome ao seu pet

17:56 0 Comments

Uma das coisas mais gostosas de ter cachorro é escolher seu nome. Mas é bom que você facilite a identificação do pet, caso ele se perca. Veja aqui algumas dicas bacanas pra você identificar seu cãozinho.

A importância do nome para seu cachorro


Uma das maneiras mais importantes de se comunicar com seu pet é por meio do nome dele. Quando ele escuta, sua atenção é chamada e ele vai ficar esperto para curtir os momentos com você. Ou mesmo entender que não deve fazer o que está fazendo. A e
scolha do nome é uma parte especial para o dono também. Então, pense cuidadosamente nas escolhas. Aqui estão algumas coisas pra você considerar:

As aparências

Manchinha, Foguinho, Pinguinho ou Preto são todos nomes testados e aprovados. A vantagem desse tipo de nome é o fato de serem descritivos. Assim fica fácil identificar o cãozinho quando ele se perder. A desvantagem é que existem vários cachorros com esses nomes.

Você pode ser mais criativo, para que seu amiguinho se destaque na multidão. Um cachorro grande, de pernas compridas, com o pelo malhado (um greyhound, por exemplo) pode ser chamado de Tigre ou Savana - referência às savanas africanas e seus animais com esse padrão de pelagem.

Dicas para dar nome ao seu pet
Fique atento as características de seu cãozinho antes de escolher seu nome.

As origens

Investigar a história da raça é uma boa maneira pra achar um nome perfeito para o filhote. Raças escocesas, como West Highland White Terrier ou Cairn Terrier, por exemplo, podem receber nomes como Murray ou Stuart. Safari é um nome interessante para um Basenji, raça de cães que não latem, originária da África. Tundra é um nome muito usado para raças do Norte, como Malamutes do Alasca ou os lindos Samoiedas.
Dicas para dar nome ao seu pet
A história da raça pode inspirar você ao nomear seu filhote

As raças

Os Beagles, os Bloodhounds (Cão de Santo Umberto) e os Basset Hounds são farejadores natos. Para eles, nomes como Sniffer (farejador) são boas sugestões, como também Sherlock ou Cigano. Vários Terriers recebem o nome de Digger (escavador) e a razão é simples. Foram criados para caçar animais que vivem em tocas geralmente por baixo da terra. Por isso, hoje quando podem, escavam jardins.

Cada raça tem peculiaridades. Aproveite-as para inspirar o nome de seu pet!

Características peculiares

Os Border Collies são considerados a raça mais inteligente entre os cães. Então, que tal dar ao seu Border Collie um nome que faça jus à inteligência dele: como Einstein ou Newton, por exemplo? :)

Nome de registro

Os criadores muitas vezes dão para a ninhada um tema ou nomes começando com uma mesma letra. Uma ninhada com o tema de música country americana pode ter filhotinhos chamados Nashville's Yoakam, Nashville's Dolly, Nashville's Reba e Nashville's Waylon.

Os nomes de registro podem incluir o nome do canil, do pai ou da mãe. Dessa forma, você pode ter Cloverhill's Indian Summer, Craigwood Higgins of Switchbark ou Magnolia's Prince of Thieves. Apesar de esses nomes aparecerem nos documentos de registro, obviamente não são uma boa escolha para usar no cotidiano. O criador ou proprietário dá um apelido ou nome de chamado. Craigwood Higgins of Switchbark provavelmente pode se tornar simplesmente Woody para os amigos.

Passatempos e interesses do dono

Se você é fã de esportes, há muitos nomes excelentes, não importa se seu negócio é futebol, basquete, tênis ou atletismo. Muito cachorro por aí homenageia Pelé. Dar um nome a um boxer é muito fácil: Que tal Frazier, Ali ou Sugar Ray? Para um bulldog? Tá na cara: Churchill. :)

Seus livros, filmes e programas de TV favoritos - várias cadelas têm o nome de Lassie, em homenagem à Collie famosa nos livros, nos filmes e na TV. Laika, a cadela cosmonauta, também inspirou muita gente.  No entanto, você não tem que dar a seu animal de estimação o nome de outro cão de um filme ou programa de TV. Pegue o nome de um de seus personagens favoritos e batize seu filhote.
Paty para uma patricinha? Que tal? =P


Dicas úteis

  1. Evite nomes que rimam com a palavra não, como Fofão ou Amigão. Assim você evita confundir seu filhote quando estiver fazendo algum adestramento.
  2. Evite também nomes longos e difíceis. Worcestershire pode parecer imponente, mas quando sair de sua boca, a atenção de seu cão já estará voltada para outra coisa.
  3. Por fim, esteja certo de que o nome de seu cão não causará constrangimento quando precisar ser chamado na frente dos vizinhos.

Veja também as soluções Florais de Bach para o cuidado com cãezinhos com problemas de comportamento. Ou nosso artigo sobre que ensina você dar um banho em seu filhote em apenas 8 passos.

4 Passos para saber que comprar na Petite Sofie é seguro e confiável

21:17 0 Comments

Quando uma loja nova se apresenta no mercado, essa deve ser a primeira pergunta que nos vem à mente, mesmo que em silêncio.

"Será que essa loja é confiável?"

Indiferente se a loja virtual é famosa ou desconhecida, o importante é você percorrer alguns passos que vão lhe indicar se a loja é ou não é segura e confiável. Confira:

01 Verifique a reputação da loja na internet

Existem diversos sites que auxiliam você nessa tarefa. Seja o MercadoLivre, seja o Reclame Aqui. Verifique se há muitas pessoas que passaram por problemas com a loja anteriormente. Pontos que você deve levar em consideração são atrasos na entrega e problemas com fraudes.

Petite Sofie é confiável
Estão falando bem da loja? Os clientes passaram por boas experiências? E quando houve algum problema, como o assunto foi tratado pela loja? Você pode descobrir tudo isso antes de decidir confiar ou não na sua próxima compra.

02 Verifique se a loja apresenta informações obrigatórias por lei

No Brasil, existe uma lei que regula o funcionamento de lojas virtuais. Elas devem deixar bem claro ao consumidor os seguintes dados:
  • CNPJ
  • Endereço Físico
  • E-mail ou telefone para contato
Quando a loja omite alguma dessas informações, deve-se ter cautela ao confiar sua compra.

03 Verifique se seus dados trafegam protegidos

Quando você está para avançar na conclusão de uma compra, o site deve apresentar segurança no tráfego de informação. Para você checar isso é simples, veja se existe a imagem de um cadeado antes do endereço que você está navegando, como no exemplo:

Veja como é fácil perceber se você está em uma conexão segura. Ela deve aparecer quando você trafegar informação como dados de cartão de crédito, por exemplo.

04 Verifique se a loja traz certificados de segurança

Geralmente visíveis no rodapé das páginas, o selo de certificado digital deve trazer um link avaliando a situação de segurança do site. Se ele for uma imagem apenas, não considere válido.


Perceba se navegar pela loja é seguro.

Você ainda tem alguma dúvida?
Você já comprou na Petite Sofie? Compartilhe sua experiência aqui!

Florais de Bach para animais de estimação

21:05 0 Comments

“A vida não espera de nós sacrifícios intangíveis, ela apenas pede que façamos nossa jornada com alegria em nosso coração e para ser uma benção para todos aqueles que nos rodeiam. Se nós fazemos o mundo melhor com a nossa visita, então cumprimos nossa missão.”


Nasceu no dia 24 de setembro de 1886, em Moseley, Inglaterra, e cresceu mostrando grande amor pela natureza e um interesse especial em aliviar o sofrimento humano. Reconhecido médico homeopata e patologista em saúde pública, completou sua obra com a descoberta dos Florais de Bach em meados de 1930 em Mont Vernon na Inglaterra. Segundo ele, para se recuperar de uma doença, é preciso ter uma mente sã. Os Florais de Bach ajudam a restabelecer um equilíbrio das emoções negativas.

Dr. Edward Bach começou sua carreira médica como alopata em um pronto socorro de Londres, e durante a Primeira Guerra, ele foi responsável por 400 leitos no University College Hospital e ao notar, por meio de uma infecção poderosa, que uma parte da população sucumbe e outra parte continua saudável, seu questionamento ficou por conta de por que, entre tantos infectados, alguns continuavam intactos.

Em suas pesquisas e observações, ele notou que suas experiências clínicas haviam demonstrado que a diferença de atitude emocional de seus pacientes influenciava o prognóstico e a própria cura.

Num momento especial de sua vida ele se isolou nas montanhas, onde conviveu com a flora da região, e desenvolveu 38 florais que foram divididos em 12 florais de cura, 7 florais auxiliares e 19 florais complementares, sendo hoje a maior expressão de floral do mundo.

Florais de Bach


Os magníficos benefícios dos florais de Bach, que ajudam a equilibrar as emoções e atitudes e a buscar, junto com os outros tratamentos, a cura de forma natural, estão contidos nesse catálogo de produtos minuciosamente preparado para o mercado veterinário.

Qualquer animal pode se beneficiar dessa terapia, que faz um ajuste, criando equilíbrio e eliminando as ações indesejáveis.

Os florais de Bach são essências extraídas das flores com poder de transformar emoções e ações negativas. Esse tipo de  tratamento se chama Lei dos Opostos, ou seja, para cada emoção ou estado mental negativo, como tristeza, insegurança, estresse ou depressão, existe uma essência que traz as virtudes opostas, como alegria de viver, coragem, segurança e tranqüilidade. Na prática, o que vai trazer bem-estar é a vibração (energia) da flor em contato com o campo vibracional do animal.

No sistema desenvolvido no século passado pelo médico inglês Edward Bach, há 38 essências que não interagem nem interferem na medicina alopática ou homeopática. Entre elas, há fórmulas para situações específicas, como separação, luto, perdas e mudanças na vida. Bach só usava as flores que tinham um padrão energético muito elevado, daí o sucesso de sua terapia – que não substitui o tratamento médico, mas pode complementá-lo. Os seres humanos, animais e plantas podem se beneficiar dessa terapia, que não muda personalidade, mas faz um ajuste,  criando equilíbrio.

Existem hoje muitos florais no mundo, e alguns famosos como os florais californianos e os australianos, mas  os florais do Dr. Edward Bach são reconhecidos no mundo inteiro como sendo os mais eficientes e testado produtos para esse fim.

NÃO É UM SIMPLES FLORAL, MAS UM FLORAL DE EDWARD BACH.


Por esta razão a PETHY GROUP escolheu e desenvolveu especificamente para animais 12 florais, todos com essência de origem inglesa, comprovadamente de Bach, para o uso de via oral e veterinário, que tratam os principais problemas comportamentais dos animais, em especial cães e gatos.

E também 6 produtos para harmonizar os ambientes, com reservas florais que irão cuidar de seu animal e de você com muita eficiência, com aromaterapia e florais de Bach.



Pethy Prime: soluções inteligentes pet care

23:09 0 Comments

A linha Pethy é completa!

Pethy Group

A marca possui as melhores soluções pet care para animais de estimação. E você encontra na Petite Sofie, desde shampoos e condicionadores voltados para uso doméstico e pet shops, até os produtos terapêuticos como os Florais de Bach veterinários que auxiliam na correção de disfunções comportamentais dos nossos filhotes. A marca tem divididos os produtos em linhas. Conheça melhor a seguir:

Pethy Prime

A Pethy Prime é a excelente linha de Shampoos, Condicionadores pet. Os produtos tem ingredientes de altíssima qualidade que conferem brilho e proteção à pelagem do animal. Tudo isso com um aroma especial e agradável.

Óleo de Argan: Óleo rico em ácidos graxos essenciais, vitamina E e carotenos que conferem brilho e elasticidade à pelagem.

Sanithy Prime

A linha Sanithy Prime agrupa as soluções de limpeza da marca. São produtos desenvolvidos ecologicamente corretos que buscam promover, além do auxílio no trato com o bichinho de estimação, a sustentabilidade ecológica. Os produtos não agridem a saúde do animal e nem das pessoas com as quais ele se envolve pois a composição dos materiais são biodegradáveis.

Soluções Pethy Prime
Os tapetes vem com atrativo que ajuda seu cãozinho a se orientar onde fazer as necessidades.

Florais de Bach Petherapy

Petherapy

Com a Petherapy o cãozinho está assegurado dos benefícios dos Florais de Bach. Essas mágicas soluções ajudam a equilibrar as emoções e atitudes do pet, de forma a deixar a casa mais harmônica. Afinal um cãozinho estressado, que late demais ou que sofre de medo por algum trauma de certa forma influencia na sua relação com o mundo. Os Florais de Bach Petherapy foram especialmente desenvolvidos para o mercado pet e buscam curar de forma natural esses comportamentos indesejáveis. Você não conhece os florais de Bach? Leia mais nesse artigo.






Perguntas frequentes

Esclareça aqui algumas das questões mais correntes sobre a Pethy Prime:
  1. Qual é a diferença entre os tapetes Sanithy Prime?
    A Sanithy Prime tem duas soluções de tapetes higiênicos. O Premium tem 55x60cm e é indicado aos pets mais pequeninos, como Chiuaua, Spitz Alemão Anão ou os pequenos Yorkshires. Já o Super Premium tem tamanho maior, 80x60cm e possui capacidade de absorção maior. Em média ambos os tapetes podem ser utilizados por dois dias. Mas isso pode variar de acordo com o porte e comportamento do pet.
  2. Os tapetes possuem algum atrativo?
    Sim. Ambos os tapetes Sanithy Prime trazem atrativos caninos. Nada mais são que nuances perceptíveis apenas aos cãos de urina. Para nossa percepção, o aroma é agradável e para os animais, que tem o olfato muito apurado, um indicativo que é ali que ele deve fazer as necessidades. Uma solução inteligente e muito higiênica.
  3. O Seca Xixi é tóxico?
    Não. O Seca Xixi Sanithy Prime é um produto a base de poliacrilatos minerais. Isso significa que é natural e assim, atóxico! Após uso, ele pode ser descartado em canteiros e até em vasos de plantas como espécie de "adubo" já que ajuda na umidade do solo. O produto, biodegradável, tem versão Kit com Vassourinha e Mini Pá para auxiliar na limpeza. Sem contar que o aroma é agradável. Uma solução simples e completa.

Teve interesse em conhecer melhor os produtos Pethy Prime? Acesse a loja Petite Sofie. As inteligentes soluções pet care para seu amiguinho de estimação há poucos cliques de você.


Cães podem urinar por excitação ou submissão

21:50 0 Comments


Enquanto o cachorro pode ser o melhor amigo do homem, aquela poça de xixi no chão, com certeza não é. Se o seu cãozinho filhote, ou adotado de uma situação de abandono ocasionalmente faz xixi no chão sem nenhuma razão justificável, ele pode estar com problemas de micção submissa ou por excitação.

Meu filhote urina por excitação ou submissão? Como saber?

Primeiro, leve seu cãozinho ao veterinário para descartar qualquer outra possível razão para o comportamento inapropriado. Se ele(a) apontar que o filhote não tem qualquer problema urinário, como identificar o comportamento submisso?
 
Se o cachorro não faz xixi quando você está em "posição dominante" (por exemplo, procurando olhar seu cãozinho diretamente nos olhos, flexionando a cintura para encara-lo), as chances de seu cãozinho sofrer de problema de excitação é grande.


Já se seu cãozinho faz xixi quando você chega em casa ou quando ele está sob alguma pressão, provavelmente o problema é de submissão. De qualquer maneira, isso pode ser resolvido.

Nunca agrida seu cãozinho para tentar ensina-lo qualquer coisa. O efeito sempre será de medo


Meu cachorro urina por submissão

Cães submissos fazem xixi quando são festejados, alguém se aproxima ou quando são punidos - histórico de tratamento violento ou castigo após fazer xixi - bastante comum em cãezinhos abandonados

Essa é também uma reação comum com cães tímidos e ansiosos. Para corrigir, evite gritar de forma agressiva com o cãozinho após ele ter feito sujeira. Em vez disso, tente construir relação de confiança, ensinando comandos simples com reforços positivos após cada sucesso.
Aprenda a se aproximar de seu cãozinho com posturas "não-dominantes". Evite enfrenta-lo olho no olho, aborde pelos lados, agacha-se ao nível da altura dele. Quando fizer carinho, prefira acariciar debaixo do queixo em vez de faze-lo na parte superior da cabeça.
São detalhes que fazem diferença para a percepção do filhote.


Quando o cão fizer xixi, simplesmente limpe sem criar alardes e vá embora. Se o cachorro faz xixi no tapete higiênico ou onde você definir, não esqueça de elogia-lo e recompensa-lo com carinho.


Meu cachorro urina por excitação

Geralmente, esse comportamento acontece com cãezinhos com menos de 12 meses de idade. Depois dessa idade, eles se comportam normalmente e a micção por excitação some. No entanto, enquanto urinarem por excitação, isso vai acontecer sempre que estiverem brincando, jogando, quando você chegar em casa ou quando levar visitas.
Para ajudar o seu cachorro (e salvar aquele lindo tapete da sua sala), tente manter todas as brincadeiras e momentos de maior excitação fora de casa. Ou utilize local com almofadas e tapetes higiênicos preparados para receber a urina :) Dessa forma, se houver um pequeno acidente devido ao excesso de excitação, não vai ser grande coisa. 


Seja urina por excitação ou submissão, você precisa ter paciência com seu filhote


Síntese de dicas:

  1. Sempre que acontecer algum acidente inesperado, não repreenda ou puna seu cãozinho. Basta limpar a sujeira em silêncio e deixar o cachorro sozinho. Encha de carinho e atenção quando o filhote fizer xixi no lugar correto.
  2. Outra dica é você ignorar o filhote quando chegar em casa. "Ah, mas isso não é cruel demais?" Não mesmo! Dessa forma você dá ao seu cãozinho uma chance de ele se acalmar por conta própria. Peça aos visitantes de sua casa fazerem o mesmo.
  3. Sempre que seu cãozinho fizer as necessidades fora de casa, durante passeios, ou nos locais apropriados quando em casa, dê carinho ou até mesmo uma guloseima de recompensa.
Isso tudo não só ajuda a quebrar o hábito de fazer xixi quando excitado ou submisso, mas vai ajudar seu filhote a ter personalidade mais calma e confiante.

Boa sorte! Mas não esqueça: paciência e perseverança sempre vão lhe compensar na educação de seu cãozinho.


Compartilhe sua experiência conosco, utilize os comentários abaixo!

Se você desejar produtos que auxiliem no cuidado com seu pet, algumas soluções como Seca Xixi, Adestrador Pode x Não Pode e Tapetes Higiênicos são excelentes escolhas.


Comprar Woof Pet Design online

23:43 0 Comments

A Woof Classic (antiga Woof Pet Design) é uma marca brasileira de produtos pet de altíssimo bom gosto e qualidade. As opções oferecidas vão de lindas bolsas para transportar seu pet, camas, roupinhas, coleiras, acessórios a comedouros estilosos e exclusivos que você encontra na Petite Sofie Pet Store.
Comprar Woof Pet Design online
Estilo, design e muito bom gosto.


Woof Pet Design

No nome você já vê o que pode esperar da Woof Pet: Design. Todos os produtos são concebidos por uma excelente equipe de designers sob comando de Luis e Rodrigo Guido.

O Comedouro em formato de Coração é estilo à parte. Peça feita toda em porcelana

Comprar Woof Pet Design Online
Texturizado para dar estilo especial à tigela. Esse é o Comedouro em Porcelana Matelassê.

Também inteiro em porcelana, essa versão do comedouro leva um elegante laço.

Mantenha a ração guardada de forma higiênica com esse Pote em Porcelana

Para o pet e para o dono do pet

Além do cuidado e do apreço com os bichinhos, a Woof Pet Design cria produtos para os amantes de cachorros. Almofadas, eco-bags, objetos de design para decoração e acessórios fazem parte de toda gama de produtos oferecidos a quem ama os animais.

Bolsa Woof Classic
As Bolsas para transporte pet da Woof trazem qualidade final de altíssimo nível

Bolsas Woof Classic
Bolsas para transporte de cachorros pequenos. Muito estilo e requinte


As camas Fofinhas são sensação da marca. Conheça-as na Petite Sofie

Pesquisa e desenvolvimento

É por meio de pesquisas e constantes atualizações, e em viagens periódicas a grandes centros urbanos ao redor de todo o planeta, que os designers da Woof Pet se abastecem de novas ideias.


Da concepção a confecção as peças Woof Pet são produzidas sob o cuidado de utilizar apenas os melhores materiais e rígido padrão de qualidade.


Deseja comprar algum produto Woof Pet?

Venha conhecer o site da Petite Sofie Pet Store e aproveite as excelentes condições!

Compartilhe conosco sua experiência nos comentários abaixo.


Adestre seu cão brincando

23:21 0 Comments

Quando as pessoas pensam sobre o treinamento de reforço positivo, sempre pensam em usar alimento como recompensa. Biscoitos e outros alimentos são grandes motivadores, mas não são únicos. Aqui vamos apresentar pra você como utilizar brincadeiras para conquistar bons comportamentos de seu cãozinho.

Veja como você pode treinar seu filhote nas brincadeiras:

Adestre seu cãozinho brincando
Cabo-de-guerra e bolinhas são ótimas sugestões de brincadeiras

Antes de começar

Embora seja possível treinar novos comandos para seu cão durante um jogo, geralmente é melhor usar desses jogos para reforçar comandos que ele já sabe. Ao treinar novos comandos para seu cão, procure faze-lo em locais com baixos ruídos e distrações. Como joguinhos de buscar bolinha ou cabo-de-guerra geralmente envolvem ambas situações, ajuda bastante se você introduzir os comandos que deseja trabalhar antes mesmo de começa os jogos.

Faça o cãozinho se mexer antes de brincar

A grande maioria dos cachorros entende rapidamente que ver um brinquedo, bola ou um puxão significa que a brincadeira está prestes a começar. Antes de começar, mostre o brinquedo, mas o mantenha fora do alcance do cão. Passe o comando: "senta!", ou "pra baixo!". Assim que ele obedecer, comece a brincar (seja jogar bolinha para ele buscar ou cabo-de-guerra).

Se o cão não responde seu comando, ou leva tempo demais para responder, "saia de cena" por alguns minutos. Depois volte para o pet e dê o comando novamente. A maioria dos cãezinhos aprende rapidamente que, quanto mais rápido eles responderem ao comando, mais rápido a diversão começa.

Adestre seu cão brincando
Cachorro é inteligente. Ele aprende rapidinho!

Brincar para aprender

Logo que começa a brincar com seu filhote, você já tem muitas chances de reforçar o aprendizado dele. Você pode praticar o comando "solta!", quando seu cão tem o brinquedo ou a bola na boca. Se ele soltar, retome imediatamente a brincadeira. Se ele não deixar cair a bolinha ou brinquedo, vire as costas e se afaste por um tempo.

É interessante como logo ele aprende que a brincadeira só continua quando ele deixar cair a bolinha na hora do comando.

Acabe com comportamentos indesejados

Adestre seu cão brincando
Não tolerar mau comportamento é parar de brincar
Brincadeiras são também oportunidades para acabar com comportamentos indesejados de seu cãozinho, como saltos e mordidas. Fazer isso é fácil, basta parar de brincar a qualquer momento que o cão apresentar o mau comportamento.

Por exemplo, se você estiver brincando de cabo-de-guerra e seu cachorro belisca sua mão, em tentativa a obter melhor posição na brincadeira, diga alguma palavra de ordem como "feio!" ou, "errado!" e pare de brincar.

O mesmo serve para cãezinhos que saltam para agarrar brinquedos longe de você. Termine a brincadeira e guarde o brinquedo. Seu cachorrinho vai aprender rápido que o mau comportamento põe fim nos joguinhos que ele tanto gosta.

Solucionando problemas

Se seu cão insiste em não responder os comandos, ele pode não estar entendendo direito o que você está pedindo. "Volte um pouco os passos" e comece a trabalhar os comandos em um local com o menor nível de distrações possível em várias sessões de treino.

Depois que seu cachorro compreender o que você está pedindo, você pode tentar incorporar novos treinamentos em novas brincadeiras.

Adestre seu cão brincando
Diversão com educação é mais legal!


Você já teve sucesso nos seus treinamentos? Passou por alguma dificuldade?
Compartilhe com a gente, comente abaixo!

Cães-modelo são tendência nas campanhas de moda

10:09 0 Comments

Cães da raça Greyhound, aqueles famosos corredores, trocaram de lugar com os modelos tradicionais em uma campanha de 2014 da famosa italiana Trussardi.

A marca vestiu os cães de cor marrom com branco (idêntico ao seu mascote), óculos de Sol, casacos e bolsas da coleção. A campanha foi orquestrada pelo famoso fotógrafo William Wegman e indica uma tendência interessante: a utilização de modelos caninos no lugar de humanos.

Cães modelo são tendências de moda
Muito elogiados, os Greyhounds fizeram um excelente trabalho
Cães modelo são tendências de moda
Perceba a elegância da postura!

A Trussardi encomendou o trabalho de Wegman justamente pelo seu sucesso em uma campanha anterior para os estúdios Acne. Ambas campanhas tem características influenciadas pelo blog Menswear Dog.

As fotos dificultam um pouco imaginar como as roupas da Trussardi poderiam servir a uma pessoa real, mas fotografar os Greyhounds vestidos elevam o trabalho do fotógrafo a uma obra de arte. O que falta de apelo comercial para as imagens, sobram no estilo e bom humor.

Cães modelo são tendências de moda
Além do estilo, parece que os Greyhounds se divertiram na sessão de fotos!

Cães modelo são tendências de moda
É "estilo pra cachorro"!
"Dedico esse projeto aos Greyhounds da Trussardi", disse William Wegman em um comunicado oficial. "Misteriosamente calmos, maravilhosamente fotogênicos e - principalmente - incrivelmente elegantes", completou sobre seus modelos.

As obras de Wegman estão expostas atualmente em coleções permanentes em museus do calibre do Museu de Arte Moderna (MoMA), Whitney Museum e o Centro Pompidou em Paris.

Em seus trabalhos para a Acne (2013), com os lindos Weimaraners e Trussardi (2014) tornaram o fotógrafo especialista em moda canina. No caso da campanha da Acne, a divulgação foi em torno de Nova York em uma jogada de marketing de guerrilha. Naquela ocasião, os Weimaraners foram vestidos com estampas tropicais, chapéu Panamá e sapatos. Veja o video de making-off abaixo:


Lançado no início de 2014, o sucesso do blog Menswear Dog tem espalhado o grande trabalho de Wegman mundo afora.

Cães modelo são tendências de moda
Uma das peças criadas pra o estúdio Acne. Inspirações para a Trussardi
E você, o que achou?
Os cães não são - talvez - mais elegantes e bonitos que muita gente por aí?


Treinamento de "arrombamento"

22:21 0 Comments

Ensinar o cãozinho a se comportar em casa é a primeira coisa que você deve fazer com seu filhote. E isso deve começar o mais cedo possível, por mais que você vai precisar ter paciência. Em geral, filhotes são incapazes de controlar suas bexigas e intestinos até 12 semanas de idade. Se seu cãozinho é mais novo que isso, extra paciência pra você.

De qualquer forma, se você já tem um cãozinho mais velho ou adulto, o adestramento do "arrombamento" é ainda possível de ser aplicado. O tempo do aprendizado depende de cão para cão.

Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
O treinamento de arrombamento requer disciplina e persistência

Defina e siga uma agenda

Determine uma hora - seja na manhã, tarde ou noite - para iniciar o treinamento. Tente sempre levantar no mesmo horário toda manhã e leva-lo para fora de casa logo na sequência. Alimente-o sempre nas mesmas horas e leve-o para passear imediatamente depois de ele ter comido.
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
Uma rotina bem regrada auxilia seu cãozinho a aprender a lição mais rapidamente

Fique atento aos sinais

Se seu cãozinho começar a farejar, circular ou andar pela casa... esses são sinais que é hora de ir. Se você perceber os sinais, leve-o para fora de casa imediatamente. Caso você perceba no momento em que ele está "causando um acidente", diga "não" firmemente e leve-o para fora de casa para terminar o trabalho, sempre fazendo carinho após ele concluir.
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
Ao menor sinal de "to precisando ir no banheiro", tire-o de casa! :)



NUNCA puna, agrida ou esfregue o focinho na sujeira! Isso apenas o ensina a ter medo de você. Se você achar alguma sujeira em casa, mas não o pegou no flagra, NÃO CORRIJA. O cachorro associa a punição à qualquer outra ação e isso o deixará confuso em vez de educado.

Dono da palavra

Escolha uma palavra ou frase curta, por exemplo "pra fora" ou "faça aqui". Use a palavra ou frase consistentemente, então ele vai aprender como um comando. Sempre traga seu cãozinho para a mesma área quando fora de casa. Seja no quintal ou na rua em frente ao seu apartamento durante o treinamento do arrombamento. O odor da área o encoraja a urinar ou defecar no lugar novamente. Não esqueça, sempre que ele fizer o trabalho bem feito, no lugar correto, faça um carinho e mostre que ficou satisfeito.
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
O pet vai entendendo que você gostou do que ele fez quando você o dá carinho

Fui para o mercado ou estou no trabalho. E agora?

Sempre que você estiver fora de casa, seu cachorrinho deve ficar na caixa (grade) ou no canil. Você pode comprar uma caixa ou um canil grande pensando em utilizar até quando seu filhote crescer, apenas divida o espaço para que não seja possível o cãozinho ter muito espaço para deitar. Instintivamente isso vai fazer com que o filhote não queira sujar a própria área. Mas seja cuidadoso, não deixe o filhote na caixa ou canil por mais de 6h. Ele pode não conseguir se segurar por tanto tempo.
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
A impressão é que ele está preso e corta o coração né? Mas ele está aprendendo a se comportar!
Se você fica mais do que esse tempo fora de casa, tenha o cuidado de voltar para libera-lo da caixa ou tenha alguém que o faça por você.

Não quero deixa-lo na caixa

Se você escolher não deixa-lo na caixa ou canil enquanto fora de casa, pode deixa-lo em um quartinho ou espaço da casa fechado que não tenha carpete ou piso de madeira. Coloque um tapete higiênico em um canto do espaço e brinquedos e cama no outro. Geralmente os cães preferem urinar em locais que tenham absorção do líquido, mas vão evitar fazer isso nas próprias camas. O ideal será se ele escolher fazer as necessidades no tapete higiênico. Esse método leva mais tempo de aprendizagem do animal do que o método da grade (caixa).
Adestrar: ensinando seu filhote a se comportar em casa
Tapetes higiênicos são ótimos aliados na educação do seu filhote

REGRAS QUE VOCÊ NÃO DEVE ESQUECER

  1. Faça sempre muito carinho e mostre satisfação quando ele se comporta de acordo com o que você deseja;
  2. Matenha uma rotina disciplinada;
  3. NUNCA puna, machuque ou agrida de alguma forma fisicamente o bichinho ao pega-lo fazendo algo errado;
  4. Não corrija o cãozinho se não for no flagrante.


O treinamento de arrombamento pode levar alguns meses, então persista. Lembre-se que seu cãozinho deseja servi-lo e satisfaze-lo, mas ele apenas precisa aprender como. Seja sempre muito claro quando for fazer carinho ou corrigi-lo nas ações. Progressivamente você vai perceber os avanços e bons resultados.


Pesquisa revela quanto brasileiro gasta com pet

21:27 0 Comments

A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) divulgou informações sobre o consumo do paulista com produtos e serviços pet.

Segundo a pesquisa, o gasto com cães pode chegar a quase R$ 308/mês - para o caso de investimentos em produtos e serviços para cães de grande porte. Se o cão for pequeno, o gasto mensal não passa de R$ 135. Se o animal de estimação for um gato, o investimento total não passa de R$ 85/mês.

Brasil de cães e gatos

Em outra pesquisa da Abinpet, mostrou-se que a população de cães é de pouco mais de 37,1 milhões de indivíduos, enquanto 21,3 milhões são gatos. Enquanto a população de cães teve aumento de 4%, o número de gatos mais que dobrou essa proporção. São mais de 8%.

Conforme leitura desses números, esse crescimento na população de gatos vai ao encontro do fato de as pessoas que vivem em grandes cidades e em apartamentos preferirem os felinos - que são menores e mais independentes que os cães.

Pesquisa revela quanto gastam os brasileiros com seus animais de estimação
A linda Ana Hickmann exibe dois de seus cãezinhos nas redes sociais

Bichinhos econômicos

Para quem deseja um animal barato, aves, peixes e roedores sãos os mais leves para o bolso. As aves custam apenas R$ 15/mês enquanto os peixes somam R$ 18 e roedores podem chegar a R$ 25/mês.

Bichos de estimação mundo afora

Na pesquisa que reflete índices de 2012, os Estados Unidos lideram o mercado mundial de pet food, care, vet e services, com 30% do faturamento. Depois vem o Brasil com cerca de R$ 14,2 bilhões, então Japão (8%), Reino Unido (7%), França (6%) e Alemanha com 6% do faturamento global no setor.


Veja na tabela abaixo a relação de custo por espécie e diferentes tamanhos de cães:


Pesquisa revela quanto gastam os brasileiros com seus animais de estimação
Tabela de informações fornecida pela Abinpet

DogsApp: o "Tinder" pet

18:15 0 Comments

Nunca aquela clássica xavecada "qual é o telefone de seu cachorrinho?" fez tanto sentido. O DogsApp é um aplicativo criado para promover encontros entre cães - ou seus donos - com mesmo interesse.

Procurando um namorado ou namorada para seu cãozinho?

DogsApp: o Tinder para seu pet
Cães também amam! :)

Para encontrar a alma gêmea de seu cãozinho e promover o cruzamento, o usuário do aplicativo pode filtrar as buscas por raça, idade, sexo e principalmente localização. Semelhante ao famoso Tinder, você navega pelas fotos do cãozinho e curte as que mais gostar. Se do outro lado o gosto corresponder, é enviada uma notificação ao celular do dono, que poderá conversar com a outra parte.

O principal objetivo do aplicativo é o encontro entre as raças desejadas para cruzamento, mas nada impede que os donos façam novas amizades e conheçam gente com suas mesmas afinidades.

DogsApp: o Tinder para seu pet
O funcionamento do DogsApp é bem semelhante ao Tinder

Apenas para Android

No momento, o DogsApp está disponível para Android. Mas novidades para outras plataformas devem chegar em breve.

Aplicativos que fazem sucesso lá fora

Os americanos estão um pouco na nossa frente em relação à oferta de soluções para o cuidado com os bichinhos de estimação. Veja abaixo uma lista dos principais apps de lá, listados pela Mashable:

Tagg

Tagg é essencialmente um GPS anexado à coleira do cão. Mas seus benefícios são imensos. É para deixar o dono bem tranquilo. O aplicativo monitora a atividade do cãozinho e envia notificações para o celular do dono sempre que ele avançar os limites de área prestabelecidos. E não apenas isso, Tagg ajuda a mensurar o quanto de exercício o cachorro fez informando o quanto ele tem se movimentado.

Aplicativos para auxiliar o cuidado com o pet
App + GPS acoplado à coleira do cãozinho mantém o dono informado das atividades.

DoggyDatez

O DoggyDatez é semelhante ao DogsApp. Aqui a ideia é "marcar território" e ver quem visita sua área. Você pode também buscar pelos cães dos usuários por sexo, idade, raça e... também filtrar a busca por sexo dos donos dos cães ;)

Aplicativos para auxiliar o cuidado com o pet
A versão americana do Tinder para "petlovers"

Pet Phone

Com o Pet Phone você monitora a saúde de seu pet. Organize a agenda de medicações, compromissos com o veterinário e até lista de alergias e alimentos que seu pet tenha restrições. O app é indicado a quem tem vários bichinhos e está disponível apenas para usuários iOS.

Aplicativos para auxiliar o cuidado com o pet
O Pet Phone ajuda a você se organizar com seus pets. Indicado para quem tem vários.

Petoxins

É difícil, mas não impossível, saber tudo que pode ser perigoso para seu cãozinho. O aplicativo Petoxins ajuda você a conhecer plantas perigosas para os cães para que você possa mante-lo seguro, longe de intoxicações.

Aplicativos para auxiliar o cuidado com o pet
Por exemplo: você sabia que os bulbos de tulipa são perigosos para seu pet?

MapMyDogWalk

O app foi projetado para que você possa manter-se em forma junto de seu cãozinho. Com o MapMyDogWalk é possível monitorar calorias, percurso percorrido e rotas favoritas usando o GPS do smartphone. É possível também "taguear" fotos e compartilhar informação em pontos de interesse.

O app pode ser utilizado tanto em Android quanto em iOS

Conhece ou usa um aplicativo que lhe auxilia de alguma forma com seu bichinho de estimação? Compartilhe com a gente nos comentários abaixo!


Adestramento: Experiências de quem já fez

22:47 0 Comments

A técnica chamada "treinamento de arrombamento" não ensina seu cãozinho a arrombar casas :) Arrombamento, nesse caso, diz respeito a algo bem comum para quem tem um cachorrinho "indomável" em casa: xixi no sofá ou carpete, almofadas destruídas, pé de mesa roído e assim por diante.

A publicação americana About selecionou algumas experiências vividas por quem utilizou a técnica do arrombamento com seu pet e compartilhou. Veja o que dizem:

Tentativa e erro

Eu peguei uma Dachshund filhote, com 6 semanas de vida e não fazia ideia por onde começar. Fiz tudo errado no início. Até perdi cabelo tentando treina-la. Então fiquei surpresa ao deixa-la com meus outros cachorros enquanto eu trabalhava. Depois de mais ou menos um mês a pequena Dachshund fazia xixi no papel ou corria para fora de casa quando a porta estava aberta para fazer necessidades. Eu acho que os cães preferem fazer fora de casa, mas a repetição é a chave. Coloque o papel ou o tapete higiênico onde o cachorrinho sempre vai. Depois, com o tempo, coloque onde você quiser. Ele vai seguir. Espero que funcione para você também!

Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Dachshund, o famoso "salsicha"
Tammy

Compartilhando dicas

Leve o cachorro até onde ele precisa fazer xixi. Leve-o quantas vezes você achar necessário, até que ele aprenda a ir sozinho.

Adestramento: experiências de donos que já fizeram
O tapete higiênico é uma ótima opção para definir ao seu cão onde ele tem que fazer as necessidades
Dorothy

Tocando o sino para sair

Tenho um pequeno sino ao lado da porta de saída de minha casa. Toda vez que eu saía com meu Papillon de apenas 7 semanas, eu batia com a patinha dele no sino. Poucos dias depois, toda vez que ele queria sair, ia até o sininho ao lado da porta e tocava com a pata.  
Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Com carinho e paciência, seu cachorrinho vai se comportar como você desejar
Michelle Jordan

 Treinando em casa

Peguei meu cachorrinho quando ele ainda tinha apenas 4 semanas de vida, um verdadeiro bebê. Na primeira noite ele fez as necessidades por toda a casa. Então comprei um tapete higiênico para me ajudar a ensina-lo a se aliviar nele. Após se alimentar e brincar um pouco, eu trazia o tapete para perto. Nos dias seguintes ele já reconhecia o tapete higiênico e começou a usa-lo. Claro, tive alguns "acidentes de percurso", mas ele está evoluindo. Uma dica importante é dar muito carinho quando ele acerta. Ajuda muito!
Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Some amor e carinho à educação de seu pet
Laby

Meu pug espertinho

Adotei um pug com 6 semanas e meia. Como vivo em um apartamento, iniciei o "treinamento da grade" com ele. Depois de um tempo eu arrumei um penico para que ele fizesse as necessidades. Com paciência, sempre mandava ele fazer xixi no penico. Hoje com 8 semanas de vida ele "erra poucas vezes o alvo". Mas em nenhuma dessas vezes eu bato ou aplico qualquer punição. Ele dorme no quarto comigo e às vezes chora no meio da noite para ir ao "banheiro".

Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Com o treino da grade, seu cãozinho vai ser educado rapidinho.
Visitante Puglover

Adestrando em casa

Nunca levei mais de uma semana para treinar um cachorro de 8 a 12 semanas de vida. Enquanto eu estou em casa eu dou atenção e quando saio deixo ele na caixa. Fique ligado para a hora em que ele acorda, come e faz as necessidades. Eles gostam de dar uma volta depois de comer. Mas mantenha as portas da cozinha e quarto fechadas para evitar que corra sem sua supervisão até que esteja bem treinadinho. Alimente o cachorro na caixa (grade), assim eles vão associar o lugar com algo positivo. O treino fica mais eficaz. Coloque algumas almofadas higiênicas em alguns cantos estratégicos de sua casa, assim ele pode fazer as necessidades quando você não estiver de olho. E também deixe alguns tapetes fora de sua casa para servir de destino das necessidades quando o cãozinho estiver lá. Nunca chame ele de volta para casa se estiver procurando fazer as necessidades fora, isso pode força-lo a segurar o xixi, o que não é bom. Sempre que o filhote acertar o tapete ou a almofada higiênica, dê feedback positivo. Carinho e dizer "bom garoto" vão sempre funcionar. Enquanto o cachorro tiver menos de 4 meses, não deixe que durma dentro da caixa. Ele não vai conseguir segurar o xixi. Até lá, use as almofadas higiênicas.

Adestramento: experiências de donos que já fizeram
Observação, paciência e claro: muito amor!
Treinadora

Treinando o filhote a "ir ao banheiro"

Alguns petiscos e muito carinho para quando ele faz a coisa certa. Perceba de antemão a vontade do cachorro se ele começar a farejar por todos os lugares. Ele para, olha para a porta de saída, senta e espera por mim. Levei dois meses para treina-lo, mas acredito que levou esse tempo porque quebrei minha perna. Acho que dificultou bastante o processo.

Judy Ligget

Treino de arrombamento de filhotes

Nunca usei a técnica da grade (caixa) quando meus cachorros eram filhotes. Mas assim que acordavam, eu os levava pra fora para fazer as necessidades e também durante o dia quando percebia que precisavam. Se eu levantava durante a noite para ir ao banheiro, eles também acordavam e iam para fora. Logo perceberam que quando precisavam "ir ao banheiro", davam um jeito de me avisar que precisavam. Eu não tive problemas algum para ensina-los. Se você percebe os sinais de seu cachorro e os orienta adequadamente, eles vão dar um jeito de falar - do jeito deles - pra você que precisam ir ao banheiro.

Treino de "arrombamento" (tradução livre para housebreaking) é fundamental para a obediência do seu pet
Diane Sahakian

Amantes de Greyhound que não querem adestrar

Se você não quer adestrar um filhote, sugiro que adote um Greyhound de cerca de dois anos. A maioria é treinado na caixa (grade) e são postos a adoção depois dos dois anos.

Debbie Orth

"Arrombamento" não, treinamento sim

Não gosto do nome "arrombamento". O que fiz foi treinamento com meus filhotes. Para conquistar os melhores resultados, eu tive muita paciência e atenção. Levo meus bebês com frequência para caminhar fora de casa e procurei gravar neles a palavra "potty", falando ela quando devem fazer as necessidades no local correto. Uma vez que eles fazem no local correto, faço bastante carinho e brinco com eles. E é assim que eu sempre os treinei. As vezes que me atraso em chegar em casa me fazia pensar que tudo estaria "uma zona" de bagunça, mas pelo contrário, apenas tenho meus bebês apaixonados com minha volta. Isso prova - para mim - que esse método funciona.
O cachorro sempre deseja agradar o dono. Ele só precisa ser ensinado a COMO faze-lo :)