Comidas perigosas para seu pet

00:05 0 Comments

Gostoso para você, perigoso para seu pet

Se você é desses que gosta de dar ao seu bichinho alguns pedacinhos do que você está comendo, estamos juntos. Mas, antes de dar ao seu cachorro qualquer coisa diferente para comer, saiba que pode ser venenoso para o animal.
Gostoso para você, perigoso para seu pet
Comidas perigosas para cães: atenção ao alimentar seu filhote

Para lhe ajudar a identificar algumas coisas que são gostosas para você, mas perigosas para seu cãozinho, trago aqui uma lista de referências. Ela foi retirada do site Morristown-Hamblin Humane Society e ordena vários alimentos tóxicos para cães. O mesmo funciona para gatos também.

Se você está pensando em alimentar seu pet com algo que não está listado aqui, entenda que isso não significa que não haja algum risco. É importante dizer que os itens da lista não são definitivos. Novidades não param de surgir. Então, fique atento ao que dar para seu filhote comer.

Sua bagunça, seu erro

Mantenha lixos orgânicos longe de seu alcance. Você sabe, alguns cãezinhos são muito determinados em fuçar nos lixos. Prenda a tampa com uma trava ou encontre alternativas para manter esse lixo seguro do seu cão. A mesma atenção serve para a louça suja na pia. Acabe com o hábito de deixa-las suja ao alcance do seu pet. Da mesma forma, atenção para as sobras de comida em cima da mesa do café ou após assistir um jogo de futebol na sala.

Gostoso para você, perigoso para seu pet
Comidas perigosas para cães: deliciosos para a gente, perigosos para seu pet de estimação.
Não esqueça, você é responsável!

Se você está em dúvida sobre dar ou não dar determinado alimento ao seu pet, simplesmente NÃO O FAÇA.

Veja a lista de alimentos humanos que você NÃO DEVE passar para seu cão, ou gato:
  • Álcool
  • Abacate
  • Alimentos para Bebês (podem conter cebola em pó)
  • Alimentos mofados ou estragados
  • Alho (Esse é controverso. Algumas pessoas dão aos seus cães para afastar pulgas e carrapatos, pois supostamente funciona)
  • Brócolis (em grande quantidade)
  • Borra de café, feijão e chá (cafeína)
  • Cascas de batata e batatas verdes
  • Cebola (seja em pó ou aromático - nada de cebola. Evite alimentos que contém cebola - de qualquer espécie. Você vai ter que ficar ligado nos rótulos dos produtos!)
  • Cogumelos
  • Chocolate (contém cafeína e teobromina, que pode ser fatal)
  • Cigarros, tabacos ou charutos (fumo de segunda mão pode causar câncer nos cães também!)
  • Doces ou qualquer outro alimento com adoçante Xylitol
  • Folhas de Ruibarbo
  • Gorduras (podem causar pancreatite)
  • Uvas e uvas passas (danifica os rins do animal)
  • Guacamole (por causa do abacate)
  • Macadâmia (causa desconforto gástrico, letargia, fraqueza e paralisia intestinal)
  • Noz-moscada
  • Nozes em geral
  • Óleo cítricos
  • Lúpulo (para os que fazem cerveja em casa)
  • Sopa enlatada (veja o rótulo. Muitos contém algum tipo de cebola)
  • Vitaminas que contém ferro (podem danificar o estômago do cachorro ou gato)
  • Fígado (carne) em grandes quantidades. (Como parte de dieta, fígado cru não deve passar dos 10% permitidos. Fígado contém muito ferro, que se transforma em óxido de ferro que prejudica o estômago do animal)
  • Pêras, grãos de ameixa, pêssego, damascos, aquela sobra central da maçã (Contém glicosídeos cianogênicos, que envenenam o animal com cianeto)
  • Tomates, peles e caules (partes verdes)
  • Atum (enlatado ou fresco. Traz riscos de contaminação por mercúrio)
  • Pele de Peru cozida ou frita
  • Fermento e comidas fermentadas (provoca irritações no aparelho digestivo do cão)
O assunto é sério, mas um pouco de descontração sempre é bem vindo :)


Você já passou por algum apuro alimentando seu cãozinho?
Compartilhe sua experiência conosco e muito cuidado com seu pet :)